Abinee defende maior participação brasileira em normas internacionais

24/06/2016

A necessidade de maior participação do Brasil na elaboração das normas internacionais foi a principal mensagem do presidente da Abinee, Humberto Barbato, na abertura do seminário sobre A importância da Normalização Internacional como Estratégia de Negócios, realizado na quinta-feira (23) pela entidade, em parceria com a International Electrotechnical Commission (IEC).

Segundo Barbato, o Brasil, por ser um dos maiores mercados mundiais, não pode atuar como um mero tradutor de normas. "Por este motivo, incentivamos às indústrias a participarem do processo de elaboração de normas nos diferentes comitês da IEC e fóruns de normalização", afirmou.

Ele ressaltou também que o tema da convergência regulatória está na pauta da indústria. "A Abinee defende a utilização de mecanismos como o Sistema de Avaliação da Conformidade da IEC para minimizar as despesas, evitar a duplicidade de ensaios e facilitar o comércio entre os países signatários", afirmou. Barbato observou, entretanto, que o processo de convergência regulatória deve ser negociado produto a produto, considerando suas diversas características e definindo claramente as normas a serem utilizadas.

Durante o evento, o diretor regional da IEC LARC - Centro Regional da IEC da América Latina, Amaury Santos, apresentou o Plano Estratégico da IEC - Master Plan para a utilização da normalização internacional de produtos e serviços eletroeletrônicos, como uma das principais ferramentas para a estratégia de negócios das indústrias; e o Sistema de Avaliação da Conformidade da IEC para minimizar as despesas das indústrias, que visa evitar duplicidade de ensaios e facilitar o comércio entre os 58 países signatários.

Veja as apresentações em Arquivos - DETEPI


Informações Adicionais

Israel M. Guratti

Gerente de Tecnologia

11 2175-0045

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090