O que esperar da indústria do futuro? FIEE 2023 antecipa tendências

20/07/2023

Os clamores da indústria do futuro no que se refere à tecnologia e inovação para os setores elétrico e eletrônico estão sendo apresentados na FIEE 2023 (Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia, Automação e Conectividade), que acontece até sexta-feira, dia 21 de julho, no São Paulo Expo, em São Paulo/SP. Promovida e organizada pela RX Brasil e com curadoria técnica da Abinee, a feira reúne mais de 400 marcas voltadas à transformação digital da indústria, com foco em um futuro mais conectado, produtivo, sustentável e tecnológico.

Entre as tecnologias estão inovações para eficiência energética, produções nacionais, soluções com Inteligência Artificial e produtos com automação dentro do conceito de indústria 4.0.


Inteligência Artificial

Em um mercado cada vez mais competitivo, todo tipo de indústria deve buscar a excelência operacional e dentro desse conceito a WEG apresenta na feira um sistema de visão computacional com Inteligência Artificial. A proposta do sistema é oferecer mais eficiência no setor de qualidade da produção.

“O sistema consegue ter um monitoramento e olhar se tem algum defeito, se tem alguma peça faltando em sua linha de produção, algum detalhe que não está passando pelo setor de qualidade”, explica Fábio Dias da Silva, engenheiro de vendas técnicas na área de digital da WEG.

Para que ocorra o padrão 100% de qualidade, um treinamento é feito com o sistema mostrando uma peça sem nenhum defeito e outra com imperfeições. Por meio da Inteligência Artificial, ele consegue fazer a comparação das duas imagens e gerar um modelo matemático. “O sistema vai extrair várias características nesse treinamento, de posição, de cor, formato e colocar em operação. E o interessante da Inteligência Artificial é que você não precisará identificar todos os defeitos, ela consegue fazer isso de forma automática”, detalha Silva.

Ainda segundo o engenheiro, o sistema é voltado para todos os tipos de indústrias, desde a automobilística até a farmacêutica e em todos os tipos de produtos.

 

Eficiência energética

O futuro da indústria também está baseado na gestão econômica de energia, capaz de controlar com eficiência os motores de modo inteligente, diminuindo o consumo. Seguindo essa tendência a Yaskawa Elétrico do Brasil enxerga e foca sua linha de inversores industriais dentro da FIEE.

"Os equipamentos Yaskawa conferem economia energética, versatilidade e robustez para os mais diferentes tipos de aplicações, os quais empregam inversores. De tal modo, obter o controle da velocidade do motor com eficiência. Na área de Motion Control, a empresa lança na feira equipamentos que são tendências futuras para o controle CNC e uma nova plataforma de controladores i3 Control", afirma Anderson Sato, gerente de engenharia de aplicação e vendas da multinacional japonesa.


Automação

Em busca de precisão, rapidez e com o menor erro possível, empresas como a FUJI e a Panasonic apresentam montadoras de componentes para placas de circuito impresso, que conseguem fazer a montagem de 1,5 mil componentes de um celular em menos de um minuto.

Segundo o gerente comercial da Panasonic, Renato Ratayama, além da agilidade – são 100 mil componentes por hora - o equipamento opera sem intervenção humana e oferece feedback no caso, por exemplo, de um simples deslocamento.

“Destacamos que a indústria 4.0 é muito importante para a otimização dos recursos de uma fábrica em geral, pois proporciona eficiência e, consequentemente, o aumento de produtividade”, ressalta Ratayama.

Para o gerente de vendas e marketing da FUJI, Mário Pouza, a montadora também oferece rastreabilidade do processo, o que permite conferência de origem, controle da produção, saber quem foi o operador e outras informações da placa.

“Em resumo, tudo de eletrônica no seu carro, o rádio, a injeção eletrônica, o vidro, utilizam essa placa que é nua. Cada produto tem um desenho diferenciado dependendo da necessidade e para que ela se destina. Em cima disso é feito uma espécie de desenho que ela vai serigrafar”, detalha Pouza.


Inovação

Com produtos para eletricistas e profissionais da indústria em geral, a Teledyne FLIR destaca a inovação tecnológica por meio de câmeras térmicas que permitem enxergar problemas invisíveis aos olhos e até mesmo ver no escuro absoluto.

Com um dos modelos apresentados na feira, a FIR E8 Pro, é possível localizar e diagnosticar problemas elétricos, mecânicos e de construção. “A câmera manual ou estática permite por meio dos pontos quentes identificar facilmente os problemas, usando imagens térmicas vibrantes compatíveis com o aprimoramento MSX® (Geração de imagens dinâmicas multiespectrais) patenteado pela FLIR”, afirma Márcio Goes, gerente de vendas da América Latina.

A tecnologia funciona como uma prevenção a incêndios, vazamentos de água ou gás ou outros problemas que uma indústria pode estar sucetível, ajudando assim a salvar vidas, proteger o meio ambiente e aumentar a produtividade.


Produção nacional

No intuito de oferecer uma automação industrial inteligente, produtiva e transformadora, a empresa SEW-EURODRIVE traz uma novidade à indústria brasileira: os veículos autônomos AGV com produção 100% nacional. Não havendo mais a necessidade de importação desta tecnologia.

A inovação é uma espécie de plataforma móvel autoguiada para transportar materiais no ambiente fabril, facilitando a logística interna da produção. No Brasil, a SEW a produz na fábrica em Indaiatuba/SP.


R$ 2 bi em negócios

Voltada para engenheiros, profissionais de TI e técnicos das indústrias de energia, automotiva, de alimentos e bebidas, metalúrgica, siderúrgica, agrícola, eletrônica, papel e celulose, aviação, bens de consumo, construção, entre outras, a FIEE espera receber mais de 30 mil visitantes do Brasil de 82 países e movimentar mais de R$ 2 bilhões em negócios.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1439 - 6º andar - 01311-926 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090