Seminário de Cooperação Abinee/BNDES: Instrumentos de apoio

09/10/2015

As inúmeras possibilidades de combinações entre os mecanismos do BNDES e a necessidade de maior conhecimento sobre as linhas disponíveis foram a tônica da Mesa “Os instrumentos de Apoio BNDES”, moderada pelo diretor da área de Automação da Abinee, Raul Victor Groszmann.

Na oportunidade, a Assessora do presidente do BNDES, Margarida Baptista, e a Assessora do Superintendente da Área de Operações Indiretas, Valéria Martins, apresentaram uma visão geral sobre as modalidades de atuação do banco. “O BNDES atua com vários focos e uma infinidade de linhas que se complementam”, afirmou Margarida.

Como exemplo, ela destacou as linhas destinadas à ampliação da capacidade produtiva (ProBK, Finem , BNDES Automático e Cartão BNDES), à inovação (MPME inovadora, Funtec, Prosoft) e ao capital de giro (Finame Componentes, Progeren, BNDES Exim). Margarida ressaltou que estes instrumentos podem ser combinados. “As empresas podem montar uma cesta de financiamentos, atendendo às suas necessidades, e que podem contribuir para alavancar a atividade”, explicou.

Valéria Martins destacou que é preciso desconstruir alguns preconceitos em relação ao BNDES. “O banco não trabalha com empréstimo de dinheiro. Tem atuação mais ampla com o propósito de apoiar o desenvolvimento das empresas, sendo o crédito um meio para atingir este objetivo”, disse. Ela citou o caso do Finame Componentes, que possui uma ótica de apoio de toda a cadeia produtiva, tanto para fabricantes como para fornecedores. “As duas pontas são suportadas”, disse.

Valéria ressaltou que o desconhecimento é a maior barreira de acesso ao crédito. Salientou, também, que as empresas precisam de uma visão de longo prazo e planejamento para melhor acesso às linhas disponíveis.

Este foi o caso de sucesso apresentado pela Stemac, fabricante de grupos geradores associada à Abinee. Seu representante César Guterres, gerente geral de controladoria, falou sobre a experiência da empresa que, com base em seu planejamento estratégico, passou a operar com o Finame Componentes há cinco anos. “Hoje, 64% da nossa matéria-prima utilizada é financiável pelo programa, gerando uma redução de custos financeiros, que chegou à casa dos R$ 28 milhões em 2014”.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090