Workshop debate formação de mão de obra para sistemas fotovoltaicos

30/09/2015

O Instituto de Energias e Ambiente da USP - IEE/USP -, em parceria com a Abinee, GIZ, Abens, Fotovoltaica/UFSC, INCT, Finder e PHB Solar, realizou, no dia 22 de setembro, em São Paulo, o Workshop qualificação profissional e formação de mão de obra para atendimento da demanda de instalações de geração distribuída com sistemas fotovoltaicos.

Durante o evento, que reuniu fabricantes, representantes de entidades de ensino e do Ministério da Educação, e que contou com a participação do Diretor do Grupo Setorial Fotovoltaico da Abinee, Ildo Bet, e do Coordenador do Grupo de Trabalho Mão de Obra do GS, Juarez Guerra, foram debatidas as necessidades de qualificação profissional, considerando as expectativas de incremento do número de instalações de sistemas fotovoltaicos, principalmente, para o mercado de micro e mini geração.

Na ocasião, foi destacada pelos participantes do evento a necessidade de contar com eletricistas capacitados a trabalharem nas instalações fotovoltaicas e eólicas. Dos debates, mostrou-se que cursos específicos de curta duração (72 a 200 horas) são opções para esta demanda mais imediata, mas também é fundamental que as disciplinas voltadas às energias alternativas sejam inseridas na formação de técnicos e engenheiros eletricistas e eletrotécnicos.

A utilização deste modelo tem em vista evitar o que ocorreu na Alemanha, como abordado pelos representantes da GIZ. O país europeu optou pela formação de profissionais para atender o boom de instalações de micro e mini geração, propiciando aos alemães passarem de uma capacidade instalada de sistemas fotovoltaicos de 2GW para 38GW, no espaço de 10 anos. Entretanto, após o período em que as instalações chegaram a um limite, este contingente de mão de obra se mostrou demasiado para atuar somente na manutenção destes sistemas.

O Workshop contou com a participação de representantes de instituições de ensino como Senai Nacional e Senai São Paulo, que já dispõem de cursos formatados ao segmento fotovoltaico, e do Centro Educacional Paula Souza, que está incorporando conteúdos sobre o tema aos currículos dos cursos que ministram. Por sua vez, o representante do Ministério da Educação destacou que, caso haja interesse dos setores, a formação direcionada para o segmento fotovoltaico será incluída nos currículos dos institutos federais.


Informações Adicionais

Roberto Barbieri

Assessor de Coordenação

11 2175-0012

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090