Déficit da balança do setor eletroeletrônico recua 49% no 1º tri

29/04/2016

O déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 4,2 bilhões no acumulado de janeiro-março de 2016, 49% abaixo do registrado em janeiro-março do ano passado (US$ 8,3 bilhões). Segundo dados da Abinee, o resultado é fruto das exportações que somaram US$ 1,5 bilhão, 6,3% acima das registradas no mesmo período de 2015, e das importações que atingiram US$ 5,7 bilhões, 41,1% abaixo das ocorridas em igual período de 2015.

No mês de março, as exportações somaram US$ 640,0 milhões, 13,2% acima das ocorridas em março de 2015. Já as importações, somaram US$ 2,1 bilhões, 39% inferiores às do mesmo mês do ano anterior.

De acordo com os números da entidade, desde junho de 2014, o déficit da balança do setor começou a registrar resultados abaixo dos apontados nos mesmos períodos do ano anterior. “Este comportamento vem se repetindo a cada mês, consequência da queda das importações por conta da forte retração da atividade industrial”, afirma o presidente da Abinee, Humberto Barbato.

Ao analisar por regiões, a maior parte do déficit nos três primeiros meses ocorreu em função dos negócios com os países da Ásia (US$ 3,2 bilhões), sendo que somente com a China, o saldo negativo alcançou US$ 1,7 bilhão. Apenas os negócios com países da Aladi geraram resultado superavitário (US$ 311,8 milhões), porém, seu montante foi bem menos significativo do que o déficit resultante das operações com as demais regiões, principalmente, pelos países da Ásia.

Acesse os dados completos da Balança Comercial

 

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090