Reformas tributária e da previdência devem ser prioridades do próximo governo

12/11/2018

O sucesso do próximo governo dependerá da sua capacidade de discutir e implementar as reformas tributária e previdenciária nos primeiros meses de gestão. A avaliação é compartilhada pelos economistas Marcio Holland e Celso Martone, que participaram da Reunião de Conjuntura da Abinee, no dia 6 de novembro. Ambos defendem que a prioridade de esforços deve se concentrar na aprovação das duas medidas.

Para Martone, diretor da área de economia da Abinee, uma reforma convincente da Previdência Social está entre os desafios imediatos nos primeiros cem dias do governo de Jair Bolsonaro.

Holland, por sua vez, vê com dúvidas a “extensão do capital político” do presidente eleito para aprovação das reformas de forma imediata. Entretanto, ele afirmou que, se não implementadas com urgência, o País poderá perder quatro anos de crescimento.

Veja a apresentação feita pelos dois economistas:

- Celso Martone

- Marcio Holland

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090