Plano de Exportações: Estímulo ao mercado internacional é fator de sobrevivência

24/06/2015

“Finalmente o governo lançou uma política de comércio exterior, buscando retirar os gargalos que tanto têm dificultado as exportações brasileiras”, disse o presidente da Abinee, Humberto Barbato, sobre o Plano Nacional de Exportações lançado hoje (24) pelo governo, em Brasília. Segundo ele, as medidas anunciadas são importantes, principalmente, em um momento em que o mercado interno está extremamente retraído. “Em função disso, o mercado internacional é fator de sobrevivência para a nossa indústria”, afirmou Barbato, que, ao lado do presidente do Conselho de Administração da Abinee, Irineu Govêa, acompanhou a solenidade de lançamento do Plano pela presidente Dilma Rousseff e pelo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto.

Com o objetivo de incentivar, facilitar e aumentar as exportações brasileiras, o Plano contempla cinco pilares: acesso a mercados; promoção comercial; facilitação e desburocratização do comércio; financiamento e garantia às exportações, com o aperfeiçoamento e aumento de recursos para o Proex, o BNDES-Exim e o Seguro de Crédito à exportação; e aperfeiçoamento de mecanismos e regime tributários para o apoio às exportações.

Humberto Barbato observou que foi importante a sinalização do Ministro Armando Monteiro sobre o drawback, afirmando que as importações são um agregado fundamental para as exportações, uma vez que o setor eletroeletrônico é altamente dependente de importação de componentes. “O ministro entende perfeitamente que a produção de bens é globalizada e que também precisamos importar para viabilizar nossas exportações”, disse.

O presidente da Abinee destacou, ainda, a intenção do governo de aumentar gradualmente a alíquota do Reintegra para 3% em 2018. “Esperamos que as empresas possam perceber o impacto do Plano, à medida que voltarem a atuar no comércio externo”, concluiu Barbato.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090