Projeto Abinee/Sebrae-RS estimula abertura de novos mercados para MPEs

20/04/16

Estão abertas as inscrições da edição 2016/2017 do projeto Abinee/Sebrae-RS para o Desenvolvimento de Micro e Pequenas Empresas do Setor Eletroeletrônico. Através de ações de gestão empresarial, prospecção de mercado e inovação, a iniciativa pretende auxiliar as empresas a se tornarem mais competitivas por meio de aumento das vendas, inovação e abertura de mercado. Podem participar empreendimentos que atuam em segmentos do setor eletroeletrônico e automação e controle - inclusive as empresas que fazem parte do APL Automação e Controle.

Ainda restam 20 vagas, que devem ser fechadas preferencialmente até o final de abril, para que a empresa possa participar de todas as ações. A gestora de projetos do Sebrae-RS, Michele Janovik, informa que no mês de maio serão iniciados os cursos de consultoria, oficinas e palestras voltados à gestão empresarial, inovação e gestão de pessoas, passando para uma oficina de produtividade em vendas no mês de agosto. “O programa de produtividade é muito completo. O objetivo é treinar os empresários para o aspecto comercial da administração empresarial, através de aulas semanais intercaladas com uma consultoria em gestão comercial. Essa dinâmica funcionará até setembro”, explica.

Além disso, a empresa participante tem direito a uma hora de consultoria mensal em prospecção de mercado, com acompanhamento da sua abertura de mercado e análise do processo de prospecção. Por fim, haverá participação de exposição e missão empresarial para feiras, cuja definição será feita de acordo com os interesses do grupo. Em dezembro, o primeiro ciclo do projeto será finalizado, dando início ao segundo em 2017, com um novo cronograma desenhado junto às empresas participantes.

Segundo Michele, existem três metas principais no projeto: o lançamento de um novo produto em 2016 por cada negócio participante, que já pode estar em fase de desenvolvimento no início das atividades ou pode ser desenvolvido no programa; um aumento de 5% no índice de competitividade das empresas; e o aumento de 5% no faturamento de, pelo menos, 70% dos 30 empreendimentos que fazem parte do projeto.

A gestora também pontua que momentos de crise devem ser um motivo a mais para o investimento em projetos de aperfeiçoamento. “Muitas empresas brasileiras têm uma postura diferente das internacionais em momentos de crise. Os primeiros aspectos cortados pelas nacionais são investimentos em projetos, inclusive em marketing. Mas é nesse momento que elas precisam vender mais, estar na memória do público. Na crise, o importante é unir esforços e investir em melhorar a gestão, enfrentando o momento”, afirma.

O investimento para participar do projeto é de R$ 2.500 e pode ser parcelado em até 10 vezes. As empresas que participarem das ações de mercado, como exibição em feira e missões empresariais, entram com uma contrapartida à parte desse valor. No total, serão investidos R$ 300 mil em recursos para a realização do projeto, 70% pelo Sebrae e os outros 30%, pelas empresas. Os interessados podem entrar em contato com a própria Michele, pelo telefone (51) 3213.1504 ou e-mail michelej@sebrae-rs.com.br.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090