Financiamento à inovação é tema do Abinee TEC 2017

27/07/2017

São Paulo, 26 de julho de 2017 - As oportunidades para empresas de todos os portes investirem em inovação, por meio de linhas de crédito mais acessíveis e de práticas que visam a estimular o fomento, ocupam a pauta do Abinee TEC 2017, por meio de palestras e de ações de consultoria e orientação ao setor produtivo, promovidas pelo IPD Eletron.

A Arena do Conhecimento “PD&I – Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação” do Abinee TEC 2017, instalada no âmbito da 29ª FIEE, realizou, durante os dois primeiros dias de evento, debates sobre políticas públicas e condições de financiamento para PD&I A discussão ocorreu em uma das quatro ilhas (arenas) temáticas instaladas no âmbito da FIEE, que acontece até o dia 28, no São Paulo Expo.

Os painéis de terça-feira, dia 25, debateram o desempenho do Brasil em inovação e o apoio à gestão empresarial. O diretor de Tecnologias Inovadoras do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do MDIC, José Henrique Videira Menezes, apresentou dados econômicos de inovação no Brasil e destacou a importância de se promover políticas públicas à inovação sustentável. O painel contou também com a presença do diretor de Tecnologia da Abinee, Jorge Salomão, e do diretor de Inovação da Natura, Alessandro Mendes.

Em seguida, durante o painel “Resultado dos Investimentos em Inovação no Brasil”, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Álvaro Prata, traçou um panorama sobre os investimentos em P&D no mundo e falou sobre a importância da Lei do Bem como incentivo à inovação tecnológica para o setor produtivo. Atualmente, para cada R$ 1 de renúncia fiscal as indústrias investem R$ 6. Os investimentos do Brasil em inovação correspondem a aproximadamente 1,2% do PIB, equivalendo a cerca de R$ 80 bilhões.

O painel contou também com a presença do vice-presidente para Novos Negócios na América Latina da Samsung, Benjamim Sicsu. A mediação do debate foi feita pelo vice-presidente do IPD Eletron, Paulo Ivo.

No segundo dia de debates, o principal tema foi “Fomento à pesquisa, desenvolvimento e inovação”. Estiveram presentes na discussão Guilherme Castanho Franco Montoro, chefe de Departamento do BNDES; Marco Barcelos, gerente da Finep e Jorge Almeida Guimarães, Diretor Presidente da EMBRAPII, com a mediação de Raul Victor Groszmann, diretor da Abinee.

Os palestrantes falaram sobre as características de suas linhas e programas de apoio à inovação e, no caso da Embrapii, sobre o seu modelo de atuação para apoiar o desenvolvimento tecnológico.

Salas de atendimentos individuais do BNDES na FIEE

Com o objetivo de orientar empresários associados da Abinee sobre alternativas de linhas de apoio financeiro e programas mais apropriados, e esclarecer dúvidas quanto a credenciamento de produtos, a Associação realizou em seu estande da 29ª FIEE, no dia 26 de julho, duas salas de atendimentos individuais e pré-agendados com funcionários do BNDES.

A Abinee mantem um Posto de Informações do BNDES , que além de orientar sobre as alternativas de financiamento e, esclarecer dúvidas das empresas associadas, também acompanha o processo de pedido de financiamento junto ao BNDES e agente financeiro. Para mais informações sobre a cooperação Abinee-BNDES, acesse: http://www.abinee.org.br/abinee/decon/decon68.htm

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090