96% das empresas do setor já sofrem impactos da greve dos caminhoneiros

29/05/2018

Consulta realizada pela Abinee identificou que 96% das indústrias elétricas e eletrônicas associadas já se ressentem da greve dos caminhoneiros, com impactos na atividade produtiva.

As empresas apontaram atraso nas entregas e na coleta de produtos, além de dificuldades no recebimento de insumos. Com isso, diversas fábricas estão com parte das operações paralisadas.

Mais de 80% das empresas responderam que ainda não é possível avaliar o impacto das perdas.

Caso a greve se prolongue, as medidas a serem implementadas vão desde a dispensa temporária de funcionários, férias coletivas ou negociação de banco de horas até a suspensão das atividades.

As empresas consultadas manifestaram ainda preocupação sobre a condição dada pelo governo de aprovação da reoneração da folha de pagamentos pelo Congresso como forma de resolver o problema. Para a Abinee, a medida acarretará perda de competitividade do setor industrial, limitando o já claudicante processo de retomada da atividade econômica e do emprego.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090