Abinee e Sebrae-RS lançam nova fase de projeto para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas

15/12/2015

A Abinee e o Sebrae-RS apresentaram na quinta-feira, 10, o lançamento do projeto Abinee/Sebrae-RS para o Desenvolvimento de Micro e Pequenas Empresas do Setor Eletroeletrônico, edição 2016/2017.

Na ocasião, também foram exibidos os resultados da primeira fase desse programa, realizado entre 2013 e 2015, que foi especificamente desenhado para o setor e oferece soluções customizadas às empresas participantes.

A iniciativa tem por objetivo fortalecer a competitividade da indústria eletroeletrônica da Região Metropolitana de Porto Alegre, com foco em mercado.

Apesar da crise econômica do período e suas consequentes dificuldades, os resultados obtidos pela iniciativa, feita nesse primeiro período em parceria com o Sebrae de São Leopoldo, se mostraram bastante satisfatórios. “Ver o processo de capacitação pelo qual passaram as empresas participantes ao longo desse trabalho é nossa maior recompensa”, afirmou Marco Aurélio Copetti, do Sebrae São Leopoldo.

“Nos surpreendeu muito os resultados desse projeto. Precisamos continuar contando com a parceria do Sebrae para preparar as empresas do setor para se consolidar no mercado nesse momento difícil”, complementou Oscar Kronmeyer, gerente regional da Abinee.

A meta de implantação de gestão dentro das empresas, conforme previsto no programa, foi 100% atingida. Entre os pilares trabalhados esteve a capacitação e consultoria, basicamente por meio do programa Sebrae Mais. Já o segundo pilar focou na produção.

Além disso, as empresas receberam treinamento em gestão financeira, planejamento, gestão de soluções complexas com métodos ágeis, qualificação da produtividade e programas de indicadores de desempenho. Ao todo, foram 115 horas de cursos e oficinas e 444 horas de consultoria disponível para cada empresa.

“As empresas estão de parabéns pela sua ativa participação nas ações do projeto. Só com o efetivo envolvimento delas é que conseguimos apresentar agora esse histórico de trabalho positivo”, disse Fabiano Cislaghi, gestor da primeira fase do projeto.

Os gestores das empresas participantes aprovaram o trabalho desenvolvido. “Afirmamos, com certeza, que a empresa teve um salto significativo em direção às metas, quanto à busca de objetivos planejados ou sonhados”, declarou Yuri Omar Yefinczuk, da Monta Brasil, empresa participante do programa.

Nova fase

No lançamento do projeto para 2016, a gestora de Projetos da Indústria no Sebrae, Michele Janovik, apresentou o planejamento dessa nova fase do programa, que tem total foco em mercado.

De acordo com Michele, é preciso aumentar a competitividade das pequenas e médias empresas da indústria eletroeletrônica. “Faremos ações voltadas ao desenvolvimento e inovação dentro dessas empresas participantes”, explicou.

Também será trabalhado o fortalecimento dos empreendedores, o que passa pelo preparo para a internacionalização, com orientações para a formação de alianças fora do País e a abertura de novos caminhos no mercado.

O programa contará ainda com a promoção de workshops entre as empresas participantes e grandes compradores, missões nacionais, exposições, rodadas de negócios, oficina pitch e consultoria em vendas e gestão comercial.

Como metas para dezembro de 2016, estão o aumento do faturamento das integrantes do projeto em 5% e 70% de pequenos negócios atendidos, além de elevar a competitividade e aumentar em 5% o lançamento de novos produtos.

No programa, há espaço para 30 micro e pequenas empresas da Região Metropolitana. As inscrições vão até janeiro de 2016.

Perspectivas

O gestor de projetos da Abinee, Antônio Costa Sobrinho, apresentou no evento as perspectivas para o cenário econômico do setor em 2016. Com dificuldades impostas pelo momento difícil que vive o País, a Abinee busca janelas para ações de mercado.

Uma das iniciativas deve ser o preparo das empresas para competir internacionalmente e elevar vendas, o que, para o gestor, é prioridade nesse momento.

Além disso, a associação buscará promover a aproximação os setores eletroeletrônico e agrícola, traçando um caminho para o diferencial e voltado à criação de novos mercados.


Informações Adicionais

Oscar Rudy Kronmeyer Filho

Gerente

51 3384.0020

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090