5G: Abinee apresenta estudo sobre mitigação e migração da faixa de 3,5 GHz

18/12/2020

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) contratou junto ao Centro de Estudos da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CETUC) um estudo comparativo dos custos dos cenários de mitigação e migração da faixa de 3,5 GHz, já utilizada em diversas partes do mundo e uma das mais importantes na futura licitação de espectro 5G. O trabalho foi apresentado para Conselheiros da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que promoverá o edital, e para o Secretário-Executivo do Ministério das Comunicações, Vitor Menezes, em videoconferências realizadas nas últimas semanas.

A Abinee destaca que, para que a faixa de 3,5 GHz possa ser utilizada, é necessário que seja determinado o melhor método de convivência com sistemas de recepção por satélite da Banda C, que opera em faixa adjacente conforme estabelecido como política pública na Portaria 418/2020 do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (MCTI). Os possíveis cenários identificados pela Anatel para lidar com problemas de interferência sobre a recepção doméstica de televisão aberta e gratuita (Television Reception Only, TVRO) são manter os sistemas existentes atualmente com instalação de filtros seletivos para mitigação de interferências do IMT ou a migração de todos os sistemas TVRO para Banda Ku.

O estudo da Abinee comparativo dos custos dos cenários de mitigação e migração apresentou as seguintes conclusões, considerando-se as projeções para 2021:

- os beneficiários elegíveis para o cenário de migração resultaram em 3,35 milhões de domicílios 
- os beneficiários elegíveis para o cenário de mitigação resultaram em 2,47 milhões domicílios

Os custos calculados para os cenários são apresentados em função do tipo de receptor montado na base da antena de satélite denominado LNBF (low-noise block downconverter) - com e sem serviço de instalação em campo e a variação entre as situações realista e pessimista em termos de troca de componentes.

Mitigação
  Com LNBF monoponto:
  • Com serviço de instalação: R$ 705,3 milhões a R$ 1,15 bilhões
  • Sem serviço de instalação: R$ 276,3 milhões a R$ 663 milhões

Com LNBF multiponto:
  • Com serviço de instalação: R$ 776,2 milhões a R$ 1,19 bilhões
  • Sem serviço de instalação: R$ 347,2 milhões a R$ 702,8 milhões

Migração
  Com LNBF monoponto:
  • Com serviço de instalação: R$ 1,68 bilhões a R$ 1,72 bilhões
  • Sem serviço de instalação: R$ 1,19 bilhões a R$ 1,23 bilhões 

Com LNBF multiponto:
  • Com serviço de instalação: R$ 1,83 bilhões a R$ 1,86 bilhões
  • Sem serviço de instalação: R$ 1, 33 bilhões a R$ 1,37 bilhões

 
 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090