BNDES apresenta na Abinee linha para apoio à exportação

29/05/2014

O BNDES apresentou, na quarta-feira (28), na Abinee, a linha BNDES Exim Automático, para apoio à exportação de bens brasileiros, através de abertura de linha de crédito a instituições financeiras no exterior na fase pós embarque.

Segundo Raquel Duarte, Chefe de Departamento da Área de Comércio Exterior do BNDES, os objetivos do Exim Automático são: apoiar a exportação de bens e serviços de alto valor agregado; aumentar e diversificar a base exportadora do país; e expandir a capacidade de geração de renda e empregos no país. “É uma relação de parceria entre o BNDES e os bancos no exterior que assumem os riscos de um importador. O programa oferece taxas de juros mais baixas e recursos mais baratos”, disse.

Nas operações, o exportador terá o benefício de receber o desembolso do BNDES à vista após o embarque da mercadoria. O risco de crédito do importador será coberto pelo banco no exterior, sem direito de regresso contra o exportador. Raquel Duarte ressaltou que atualmente o BNDES Exim Automático abrange os mercados da América Latina, Caribe e África, mas que não existe restrição para nenhum outro local. “Caso haja interesse por outras nações, faremos a avaliação dos bancos e a análise da classificação de risco do país”, afirmou.

O Gerente de Suporte a Operações da África do BNDES, Arnaldo Medeiros, apresentou dados do mercado africano, que devido suas altas taxas de crescimento, tem tido maior atenção do setor privado. Segundo ele, existem oportunidades de negócios para as empresas brasileiras principalmente na área de energia. "Dados do Banco Africano de Desenvolvimento mostram que ao mesmo tempo em que 70% da população africana não têm acesso à energia, o continente tem o maior potencial em produzir energia no planeta, tanto hidrelétrica, quanto alternativas, como a solar e carvão", disse.

Segundo ele, já existem acordos com quatro bancos na África de Sul e recentemente fecharam negociações com instituições no Quênia e na Nigéria. No estágio inicial, são oito países focados: África do Sul, Angola, Gana, Marrocos, Moçambique, Nigéria, Quênia e Argélia. Em dezembro de 2013, o BNDES inaugurou a primeira representação no continente africano em Johannesburgo, na África do Sul.

O evento foi coordenado pelo diretor da Abinee, Luciano Cardim, que ressaltou a importância da parceria da entidade com o BNDES, bem como do Posto de Informações do Banco instalado no escritório da Abinee, em São Paulo, com a finalidade de divulgar e orientar as associadas sobre as linhas de crédito e programas BNDES.

A delegação da Área de Comércio Exterior do BNDES estava composta, além de Raquel Duarte e Arnaldo Medeiros, por Ariel Doctorovich, Guilherme Pfisterer, Adriano Guedes e Adriano Kats.


Informações Adicionais

Fernanda Garavello Gonçalves

Gerente de Relações Internacionais

11 2175-0070

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090