Barbato defende agenda para recuperação da indústria

14/12/2016

A criação de uma agenda positiva que promova o aumento da competitividade industrial é fator essencial para a retomada da economia. A mensagem foi dada pelo presidente da Abinee, Humberto Barbato, durante o seminário Correio Debate — Desafios para 2017, realizado pelo jornal Correio Braziliense na última quarta-feira (14). Nessa agenda, Barbato destacou a mudança na política cambial, redução da taxa de juros e apoio à produção doméstica.

Em sua apresentação, o presidente da Abinee alertou para a queda na participação da indústria no PIB, hoje em 11,8%. “Este é o mesmo nível de 1947”, alertou. Segundo ele, a busca pelo desenvolvimento econômico do País depende da recuperação da produtividade industrial. “Precisamos de uma política industrial que insira o Brasil nas cadeias globais de valor”, disse.
Barbato participou do painel “A base para a retomada do crescimento” ao lado dos presidentes da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Júnior; da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins; e do economista-chefe da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC), Carlos Thadeu de Freitas Gomes.

O seminário Correio Debate contou também com a presença do Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e do secretário-executivo do Programa de Parceira de Investimentos (PPI), Moreira Franco.

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090