Resultados em Minas devem ser melhores do que média nacional

01/12/2016

Mais de 70 pessoas, entre empresários, associados e autoridades, estiveram presentes no almoço de confraternização da Regional da Abinee em Minas Gerais, realizado no dia 28 de novembro. Durante o evento, o presidente da Associação, Humberto Barbato, apresentou um balanço do ano e falou sobre as perspectivas para 2017.

“Embora o setor eletroeletrônico tenha apresentado um desempenho nacional muito ruim em 2016, em Minas Gerais os resultados foram um pouco melhores em função do tipo indústria instalada no Estado”, disse. Segundo Barbato, o impacto em Minas será menor em razão da presença no Estado de empresas dos setores de automação e de geração, transmissão e distribuição de energia, que apresentaram crescimento moderado este ano, de 4% e 10%, em média, respectivamente em relação a 2015.

O diretor regional da Abinee em Minas Gerais, Alexandre Freitas, reiterou o otimismo em relação aos negócios no Estado. “Estamos um pouco mais confiantes em decorrência dessa peculiaridade da nossa indústria. Se investe muito em automação em época de crise porque esse é um setor que entra para racionalizar o ambiente produtivo, cortar emprego, reduzir investimento e manter o nível de lucratividade com baixo faturamento”, afirmou.

O evento foi realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado e contou com as presenças do presidente da CNI, Robson Braga de Andrade; do presidente da FIEMG, Olavo Machado Junior (FIEMG); do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa e do deputado federal Bilac Pinto, entre outras autoridades.


Informações Adicionais

Júnia França de Oliveira

Gerente

31 3225-1100

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090