IoT: Setor de serviços puxará demanda da indústria

04/11/2016

Com a internet das coisas, o setor de serviços - que hoje representa 72% do PIB nacional - deverá puxar a demanda e o crescimento da indústria, revertendo a lógica atual. É o que afirma o executivo-chefe de Negócios do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), Eduardo Peixoto. Segundo ele, o futuro será marcado por produtos intensivos em serviços. “Se as indústrias não caminharem nessa direção, se tornarão comoditizadas”, alertou durante sua participação na reunião da Comissão Internet das Coisas da Abinee, realizada no dia 1 de novembro, em São Paulo.

Ele destacou que a IoT abre uma série de oportunidades para novos profissionais, novas plataformas de softwares e para as empresas que souberem acompanhar o novo cenário. Citando o exemplo da manufatura avançada, Peixoto destacou que as novas tecnologias não podem ser vistas apenas como uma forma de redução de custos. “Vão gerar ganhos para a indústria, mas a grande revolução será o surgimento de novos produtos e de um novo padrão de produção”.

Durante a reunião, Peixoto apresentou o estudo PoETAS.IT (Políticas e Estratégias para Tecnologias, Aplicações e Serviços para a Internet de Tudo). Produzido em conjunto pelo CESAR, em parceria com o TecnoPuc (Parque Científico e Tecnológico da PUCRS), o NGPD (Núcleo de Gestão do PortoDigital), a Porto Marinho e o CIFS (um think tank - instituição ligada à produção e difusão de conhecimento - dinamarquês), o documento apresenta uma série de estratégias para políticas públicas para o incentivo à difusão da IoT no Brasil. “Nada do que pensarmos agora será definitivo. Muitas tecnologias ainda vão surgir, mas tentamos mirar alguns caminhos possíveis nesse estudo”, explicou.

O PoETAS.IT foi construído sob licença creative commons, ou seja, desde sua concepção foi pensado para ser um documento aberto à sociedade para que possa evoluir e ser implementado por qualquer cidade ou país do mundo. Os interessados podem contribuir pelo e-mail poetas.it@cesar.org.br. As sugestões aprovadas serão incorporadas à próxima versão do documento e o seu autor adicionado à lista de colaboradores.

Conheça o trabalho na íntegra no site do IPD Eletron: www.ipdeletron.org.br/Publicacoes


Informações Adicionais

Kelly Caporalli

Assessora de Coordenação

11 2175-0013

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090