Table of Contents Table of Contents
Previous Page  8 / 62 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 8 / 62 Next Page
Page Background

8 |

Revista Abinee

nº 92 | dezembro 2017

O INÍCIO DA

RECUPERAÇÃO

Em sua opinião, como foi o ano em 2017

em relação ao ano anterior? Melhor? Pior?

Sem dúvida, 2017 foi bem melhor compara-

do a 2016. Basta observar que o PIB deve

subir perto de 1% neste ano, depois de três

anos de recessão. O setor eletroeletrônico,

que caiu 11% em 2016, deve crescer ao re-

dor de 5%. É o início de uma recuperação,

puxada pela demanda de consumo, que

poderá ampliar-se em 2018.

Que pontos da conjuntura econômica do

Brasil foram positivos para o setor produ-

tivo em 2017?

Os fatores favoráveis à recuperação foram

o restabelecimento da confiança na políti-

ca econômica e a queda rápida da inflação,

que possibilitou a redução do juro real para

3% ao ano. Na área fiscal, destaque-se a

"lei do teto" de gastos públicos e a propos-

ta de Reforma da Previdência. Por sua vez,

a Reforma Trabalhista deverá melhorar em

muito a flexibilidade do mercado de traba-

lho e estimular o emprego.

E que pontos foram negativos?

Do lado negativo, a situação fiscal continua

crítica, com o atraso na Reforma da Previ-

dência e de outras medidas (congelamento

de salários do funcionalismo, aumento da

alíquota de contribuição do setor público

Este ano já foi melhor que 2016, mas ainda está longe de retomar os níveis do

setor produtivo observados entre 2010 e 2013. A avalição é do economista e

diretor da Abinee, Celso Martone, que aponta a melhora em alguns indicadores do

setor eletroeletrônico

entrevista