Table of Contents Table of Contents
Previous Page  11 / 56 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 11 / 56 Next Page
Page Background

janeiro 2017 |

Revista Abinee

nº 89 | 11

especial

de aproximadamente 25% no valor dos pro-

dutos brasileiros. "Essa é a maior dificulda-

de, pois se trata de um problema estrutural,

cuja resolução leva tempo", disse.

Sobre o contencioso da OMC que ques-

tiona políticas industriais brasileiras, o minis-

tro afirmou que o Brasil vai recorrer da de-

cisão final que condena as práticas do País.

Ele disse ainda que o governo brasileiro,

ao lado da indústria, deve começar a tra-

balhar imediatamente nos ajustes que de-

vem ser promovidos nas políticas industriais

questionadas. "No caso da Lei de Informá-

tica, precisamos fazer mudanças de ordem

legislativa, por isso, temos que trabalhar jun-

tos e envolver todas as esferas do governo",

ressaltou.

OministrodoTrabalho,

Ronaldo Nogueira

,

afirmou que o novo governo tem buscado

um amplo debate para um acordo nacional

em torno da reforma trabalhista. Ele defen-

deu o diálogo com centrais sindicais e enti-

dades ligadas ao setor empresarial. "O texto

da atualização da reforma trabalhista está

em fase quase final de elaboração. Todos

os setores têm participado e temos acolhi-

do sugestões", disse. Segundo ele, a atua-

lização está ancorada em três eixos: o dos

direitos de quem contrata e é contratado; o

eixo da segurança jurídica e o da criação de

oportunidades de empregos para todos.

Representando o ministro Gilberto Kas-

sab, da Ciência e Tecnologia, Inovações

e Comunicações (MCTIC), o secretário de

Política de Informática (Sepin/MCTIC), Ma-

ximiliano Martinhão, afirmou que a pasta

tem buscado atender aos pleitos da

Abi-

nee

, conseguindo avançar em algumas

políticas prioritárias para o setor. Ele citou

a modificação da Lei Geral de Telecomu-

nicações que pode trazer uma série de

oportunidades para a área de TICs.