Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil - IBGE
Dezembro/2018

Indústria elétrica e eletrônica

Dezembro

Conforme dados do IBGE, a produção industrial do setor elétrico e eletrônico recuou 11,9% no mês de dezembro de 2018 em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Produção Física

Essa retração resultou tanto da queda de 19,0% da área eletrônica, como também da redução de 5,7% da área elétrica.

Produção Física

No caso da produção de bens eletrônicos, com exceção dos componentes (+0,7%), caiu a produção de todos os demais segmentos analisados, com taxas negativas que variaram entre 13,0% (bens de informática) até 24,5% (bens de comunicação).

Na área elétrica, recuou a produção de todos os segmentos analisados, com destaque para a retração de 29,5% na produção de lâmpadas, lembrando que o IBGE não está considerando as lâmpadas LED neste segmento.

Em relação ao mês imediatamente anterior, a produção de bens do setor reduziu-se 25,5%, com queda tanto na área eletrônica (-32,0%), como na elétrica (-19,7%).

Ressalta-se que esse desempenho já era esperado, uma vez que, conforme pode ser observado no gráfico ao lado, sazonalmente a produção realizada em dezembro costuma ser mais moderada do que a dos meses anteriores.

Nota-se que ao comparar a produção ocorrida em dezembro com o mês imediatamente anterior, com ajuste sazonal, observa-se crescimento de 0,2%.

Acumulado Janeiro-Novembro

No acumulado de 2018, a produção industrial do setor eletroeletrônico cresceu 1,1% em relação a 2017.

Produção Física

Esse resultado contou com a ampliação de 2,6% na produção de bens eletrônicos, uma vez que a área elétrica recuou 0,2%.

Produção Física

Na indústria eletrônica, aumentou a produção de bens de informática (+7,3%), dos equipamentos de comunicação (+0,4%) e dos aparelhos de áudio e vídeo (+4,4%).

Ressalta-se, neste último caso, que a produção destes bens chegou a crescer 47,4% no acumulado dos primeiros quatro meses de 2018 em função dos televisores.

Com o final da Copa do Mundo, a produção de televisores deixou de estimular o resultado total do setor.

Ainda referente à área eletrônica, verificou-se diminuição na produção de instrumentos de medida (-6,1%) e de componentes eletrônicos (-2,0%).

Na área elétrica, a maior taxa de incremento foi da produção de pilhas e baterias, que atingiu 4,3%.

Por outro lado, verificou-se redução de 15,1% na produção de lâmpadas.

Os demais produtos elétricos analisados aponta-ram variações menos expressivas.

Ressalta-se a queda, pelo oitavo mês consecutivo, da média móvel anual da produção total da indústria eletroeletrônica, como pode ser observada no gráfico abaixo. Como citado acima, este índice vinha apresentando trajetória ascendente desde o final de 2017, influenciado pelo bom desempenho na produção de televisores.

Produção Física

Indústria Geral

No mês de dezembro de 2018, a produção da indústria eletroeletrônica caiu 11,9% em relação a dezembro do ano anterior, desempenho inferior ao verificado na indústria geral, cuja retração foi de 3,6% e na indústria de transformação, que caiu 5,2%.

Produção Física

Com esse resultado, a indústria eletroeletrônica encerrou 2018 com o mesmo incremento da indústria geral e a de transformação, todas com elevação de 1,1% em relação a 2017.

Produção Física

Ao analisar as categorias econômicas, verifica-se que a produção de bens de capital permaneceu apresentando melhor performance em relação às demais categorias.

Conforme o IBGE, a produção de bens de capital aumentou 7,3% no ano 2018; bens de consumo cresceu 1,3%; e bens intermediários ampliou-se 0,4%.

É importante ressaltar que o incremento apontado na produção de bens de capital foi estimulado, principalmente, pelos desempenhos da construção e de equipamentos de transporte, uma vez que a produção de bens de capital para fins industriais recuou 1,4% em 2018.

Produção Física

As séries históricas desses indicadores estão disponíveis no site da Abinee em Economia e Estatísticas - Base de Dados Econômicos.

 
 
 

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090