Mercosul

Dados Gerais

O Mercosul, como é conhecido o Mercado Comum do Sul é a união aduaneira (livre-comércio intrazona e política comercial comum) de cinco países da América do Sul. Em sua formação original, o bloco era composto por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Em virtude da remoção de Fernando Lugo da presidência do Paraguai, o país foi temporariamente suspenso do bloco; esse fato tornou possível a adesão da Venezuela como membro pleno do Mercosul a partir do dia 31 de julho de 2012, inclusão até então impossível em razão do veto paraguaio . No dia 17 de dezembro de 2007, Israel assinou o primeiro Tratado de Livre Comércio (TLC) com o bloco. Em 2 de agosto de 2010, foi a vez de o Egito assinar também um TLC.

Línguas Oficiais Português, Espanhol e Guarani
Estados Membros Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela
Estados Associados Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru
Presidência Pro Tempore Brasil
Área 12.794.686 km2
População (ano 2011) 274.902.636
Website governamental http://www.mercosur.int/

Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico Brasil e Mercosul

As exportações de produtos do setor para os países que compõem o Mercosul totalizaram US$ 1,6 bilhão, em 2014, ressaltando que US$ 1,2 bilhão foi referente aos negócios com a Argentina. O resultado total do Mercosul representou 51% das vendas externas para os países que compõem a Aladi (US$ 3,1 bilhões) e 24% das exportações totais do setor (US$ 6,6 bilhões).


Exportações do Setor Eletroeletrônico
Brasil para os Países do Mercosul - Janeiro-Dezembro

Áreas US$ mil Var.%
2013 2014
Automação Industrial 118,6 98,1 -17,3%
Componentes 1.036,5 810,4 -21,8%
Equipamentos Industriais 213,5 188,1 -11,9%
GTD 102,2 164,5 61,0%
Informática 159,3 84,9 -46,7%
Material de Instalação 28,3 27,0 -4,6%
Telecomunicações 60,3 35,1 -41,9%
Utilidades Domésticas 198,0 159,0 -19,7%
Total 1.916,7 1.567,2 -18,2%

O maior montante exportado para os países do Mercosul foi de Componentes Elétricos e Eletrônicos (US$ 810,4 milhões), com destaque para as vendas de eletrônica embarcada (US$ 418 milhões).

Em 2014, as importações de bens do setor dos países do Mercosul apontaram US$ 297,2 milhões, dos quais US$ 198,4 milhões vieram da Argentina. O montante total do Mercosul representou 22% das importações dos países da Aladi (US$ 1,3 bilhão), porém 0,7% do total de produtos da indústria eletroeletrônica (US$ 41,2 bilhões).


Importações do Setor Eletroeletrônico
Brasil dos Países do Mercosul – Janeiro-Dezembro

Produtos US$ mil Var.%
2013 2014
Automação Industrial 23,6 18,4 -21,9%
Componentes 162,7 191,1 17,4%
Equipamentos Industriais 39,0 35,4 -9,2%
GTD 47,7 16,6 -65,3%
Informática 3,6 1,2 -67,3%
Material de Instalação 3,8 3,4 -11,7%
Telecomunicações 0,4 1,8 416,5%
Utilidades Domésticas 24,9 29,3 17,7%
Total 305,7 297,2 -2,8%

A maior parcela das importações do Brasil deste bloco foi de Componentes Elétricos e Eletrônicos (US$ 191,1 milhões), que foram responsáveis por 64% das importações de produtos do setor do Mercosul. O maior destaque ficou para as compras de itens de eletrônica embarcada, que somaram US$ 120 milhões.

Após os itens de eletrônica embarcada, encontraram-se entre os produtos mais importados dos países do Mercosul, os componentes para utilidades domésticas (US$ 32 milhões) e auto rádios (US$ 27 milhões).


Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico do Brasil, do Brasil com os países que compõem a Aladi e do Brasil com os países que compõem o Mercosul, para associadas, encontram-se em RESERVADO.


Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090