Balança Comercial - Janeiro - Novembro/2014

Novembro de 2014

Exportações

As exportações de produtos eletroeletrônicos, no mês de novembro de 2014, somaram US$ 482,4 milhões, apontando o menor montante mensal dos últimos dois anos (Gráfico).

Evolução das Exportações - US$

Este resultado foi 12,8% abaixo do realizado em novembro do ano passado e 12,7% inferior ao do mês imediatamente anterior.

Na comparação com novembro de 2013, observou-se crescimento nas exportações de bens de Material Elétrico de Instalação (+47,8%) e de Automação Industrial (+28,8%), que contaram com as vendas externas de disjuntores menores de 1 KV (+112%) e de instrumentos de medida (+47%), respectivamente. Porém, estes incrementos foram insuficientes para compensar a retração apresentada pelas demais áreas. (Quadro 1)


Quadro 1
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Novembro

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 38,2 49,2 28,8%
Componentes 264,7 207,1 -21,8%
Equipamentos Industriais 107,9 95,5 -11,4%
GTD * 55,6 49,4 -11,2%
Informática 27,6 27,5 -0,6%
Material Elétrico de Instalação 7,7 11,3 47,8%
Telecomunicações 23,1 20,5 -11,1%
Utilidades Domésticas 28,7 21,9 -23,6%
Total 553,4 482,4 -12,8%

* GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica


As dificuldades das exportações de produtos eletroeletrônicos podem ser constatadas pelas significativas taxas negativas que variaram entre -0,6%, para Informática, até -23,6%, para Utilidades Domésticas.

Especificamente quanto aos Componentes Elétricos e Eletrônicos, no mês de novembro de 2014, as exportações atingiram US$ 207,1 milhões, com retração de 21,8% em relação a novembro do ano passado, com destaque para a queda de 45% nas vendas externas de componentes para equipamentos industriais, que totalizaram US$ 42 milhões.

Em relação ao mês imediatamente anterior, a retração das exportações contou, principalmente, com a redução de 19,6% nas vendas externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos e do recuo de 16,9% de Equipamentos Industriais. (Quadro 2)

Quadro 2
Exportações do Setor Eletroeletrônico
2014

Áreas US$ Milhões Var.%
Out Nov
Automação Industrial 47,6 49,2 3,4%
Componentes 257,6 207,1 -19,6%
Equipamentos Industriais 115,0 95,5 -16,9%
GTD 51,5 49,4 -4,1%
Informática 25,1 27,5 9,6%
Material Elétrico de Instalação 5,5 11,3 107,4%
Telecomunicações 21,7 20,5 -5,5%
Utilidades Domésticas 28,6 21,9 -23,5%
Total 552,5 482,4 -12,7%

Importações

No mês de novembro de 2014, as importações de produtos eletroeletrônicos somaram US$ 3,3 bilhões, completando o oitavo mês consecutivo que os resultados ficaram abaixo dos ocorridos no mesmo mês do ano passado, refletindo a queda do ritmo da atividade do setor, que vem sendo verificada nos últimos meses. (Gráfico)

Evolução das Importações - US$

Ao comparar com novembro de 2013, a queda foi de 7,0% e, em relação ao mês imediatamente anterior, a retração foi de 10,2%.

Cresceram apenas as importações de bens de Telecomunicações (+13,1%) comparadas a novembro de 2013, que contaram com o aumento de 47% nas compras externas de aparelhos para transmissão ou recepção de voz, imagem ou outros dados em rede com fio. (Quadro 3)


Quadro 3
Importações do Setor Eletroeletrônico
Novembro

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 351,4 342,6 -2,5%
Componentes 2.007,7 1.886,3 -6,0%
Equipamentos Industriais 326,7 267,4 -18,2%
GTD 158,3 109,2 -31,0%
Informática 237,9 218,5 -8,1%
Material Elétrico de Instalação 91,8 75,3 -17,9%
Telecomunicações 248,3 280,8 13,1%
Utilidades Domésticas 179,5 167,8 -6,6%
Total 3.601,7 3.348,0 -7,0%

A maior taxa de retração foi das importações de bens de GTD, que atingiram 31,0%, com destaque para os grupos eletrogêneos (-62%), que passaram de US$ 99 milhões, em novembro de 2013, para US$ 38 milhões, em novembro de 2014.

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 1,9 bilhão, com queda de 6,0%.

Em relação ao mês imediatamente anterior, as importações recuaram 10,2%, com retração em cinco das oito áreas do setor. (Quadro 4)


Quadro 4
Importações do Setor Eletroeletrônico
2014

Áreas US$ Milhões Var.%
Out Nov
Automação Industrial 377,6 342,6 -9,3%
Componentes 2.175,0 1.886,3 -13,3%
Equipamentos Industriais 323,3 267,4 -17,3%
GTD 98,8 109,2 10,6%
Informática 200,5 218,5 9,0%
Material Elétrico de Instalação 88,3 75,3 -14,7%
Telecomunicações 266,9 280,8 5,2%
Utilidades Domésticas 197,3 167,8 -15,0%
Total 3.727,6 3.348,0 -10,2%

Janeiro a Novembro de 2014

Exportações

No acumulado de janeiro-novembro de 2014, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 6,04 bilhões, 7,7% abaixo do igual período do ano anterior (US$ 6,55 bilhões). (Quadro 5)


Quadro 5
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Novembro

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 488,8 520,8 6,6%
Componentes 3.026,4 2.676,1 -11,6%
Equipamentos Industriais 1.210,5 1.255,6 3,7%
GTD 655,1 726,2 10,9%
Informática 359,9 270,1 -25,0%
Material Elétrico de Instalação 89,3 85,4 -4,4%
Telecomunicações 403,7 244,3 -39,5%
Utilidades Domésticas 311,5 264,2 -15,2%
Total 6.545,2 6.042,6 -7,7%

As exportações de Componentes Elétricos e Eletrônicos totalizaram US$ 2,68 bilhões, apontando queda de 11,6%. Dentre seus principais itens destacaram-se os componentes para equipamentos industriais (-10%), eletrônica embarcada (-18%) e motocompressor hermético (-12%) (Quadro 6).

Quadro 6
Produtos mais exportados
Janeiro-Novembro

Produtos US$ Milhões Var.%
2013 2014
Motores e Geradores 677 658 -3%
Componentes para Equips. Industriais 695 626 -10%
Eletrônica Embarcada 739 603 -18%
Motocompressor Hermético 498 439 -12%
Instrumentos de Medida 231 256 11%
Transformadores 195 231 19%
Componentes para Material de Instalação 224 214 -4%
Conponentes Passivos 169 175 4%
Componentes para Telecomunicações 179 143 -20%
Grupos Eletrogêneos 114 142 24%

As compras externas de bens de Telecomunicações (-39,5%) foram as que apontaram a maior taxa de retração, em função, principalmente, da queda expressiva de 77% nas vendas externas de telefones celulares, que diminuíram de US$ 147 milhões, para US$ 33 milhões, no período citado.

Os motores e geradores foram os produtos mais exportados do setor, com total de U$$ 658 milhões, resultado 3% abaixo do atingido em janeiro-novembro do ano passado.

Mesmo com essa queda, as exportações de Equipamentos Industriais aumentaram 3,7%, em decorrência, principalmente, dos incrementos significativos das vendas externas de aparelhos para filtrar líquidos, água e gases.

Os transformadores (+19%) e os grupos eletrogêneos (+24%) foram os que apontaram as maiores taxas de incremento entre os dez mais exportados do setor, colaborando com o crescimento de 10,9% nas vendas externas de bens da área de GTD.

Também entre os dez mais exportados do setor, os instrumentos de medida apontaram incremento de 11%, contribuindo com a expansão de 6,6% das vendas externas de bens de Automação Industrial.

Importações

As importações de produtos elétricos e eletrônicos atingiram US$ 38,3 bilhões, no acumulado dos onze primeiros meses de 2014, recuando 5,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. (Quadro 7)


Quadro 7
Importações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Novembro

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 4.079,2 3.815,9 -6,5%
Componentes 22.952,4 22.357,7 -2,6%
Equipamentos Industriais 3.731,0 3.382,8 -9,3%
GTD 1.725,9 1.229,9 -28,7%
Informática 2.536,3 2.272,2 -10,4%
Material Elétrico de Instalação 951,2 884,7 -7,0%
Telecomunicações 2.616,6 2.599,2 -0,7%
Utilidades Domésticas 1.897,3 1.731,9 -8,7%
Total 40.489,9 38.274,4 -5,5%

Todas as áreas apresentaram queda em relação a janeiro-novembro de 2013, com taxas que variaram de -0,7%, em Telecomunicações, a -28,7%, em GTD.

Neste último caso, destacou-se a retração de 51% nas importações de grupos eletrogêneos, que passaram de US$ 911 milhões para US$ 450 milhões, neste período.

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos alcançaram US$ 22,4 bilhões, representando 58% do total do setor. No acumulado de janeiro-novembro de 2014, recuaram 2,6% em relação ao igual período do ano anterior.

Dentre seus principais itens estão os produtos mais importados do setor: componentes para telecomunicações (+4%), semicondutores (-5%) e componentes para informática (-3%). Nota-se que dos dez produtos mais importados do setor, oito são componentes. (Quadro 8)

Quadro 8
Produtos mais importados
Janeiro-Novembro

Produtos US$ Milhões Var.%
2013 2014
Componentes para Telecomunicações 6.226 6.468 4%
Semicondutores 4.948 4.690 -5%
Componentes para Informática 3.007 2.916 -3%
Instrumentos de Medida 1.734 1.603 -8%
Eletrônica Embarcada 1.653 1.501 -9%
Componentes para Equips. Industriais 1.499 1.395 -7%
Componentes Passivos 970 928 -4%
Componentes para Material de Instalação 938 841 -10%
Componentes para Utilidade Domésticas 723 738 2%
Aparelhos Eletromédicos 737 781 6%

Saldo

No acumulado de janeiro a novembro de 2014, o déficit da balança comercial de produtos eletroeletrônicosatingiu US$ 32,23 bilhões, 5% abaixo do registrado em janeiro-novembro de 2013 (US$ 33,94 bilhões).

Observa-se que a queda das importações nos últimos meses, em função, principalmente do esfriamento do mercado interno, reduziu o saldo negativo da balança de produtos do setor, que encerrará o ano de 2014 abaixo do registrado em 2013.

Balança Comercial - US$

Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico para associadas encontram-se em RESERVADO.

 

Lista de Produtos do Setor Eletroeletrônico


Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090