Balança Comercial - Janeiro - Fevereiro/2015

Fevereiro de 2015

Exportações

As exportações de produtos eletroeletrônicos, no mês de fevereiro de 2015, somaram US$ 424,2 milhões, 20,8% abaixo das realizadas em fevereiro do ano passado.

Deve-se considerar que fevereiro deste ano teve menos dias úteis do que no mesmo mês do ano passado. Mesmo com essa ponderação, pela média diária, as exportações recuaram 12% em fevereiro de 2015 na comparação com 2014.

Este foi o nono mês consecutivo que as exportações registraram montantes inferiores do que os apontados nos mesmos períodos do ano anterior.

Evolução das Exportações - US$

Em fevereiro de 2015, seis das oito áreas do setor apresentaram queda nas vendas externas, com taxas que variaram de -12,2%, para Equipamentos Industriais, até -35,4%, para Automação Industrial. (Quadro 1)

Neste último caso, verificou-se queda de 44% nas vendas externas de instrumentos de medida.

As exportações de Componentes Elétricos e Eletrônicos totalizaram US$ 192,5 milhões, com redução de 24,3% em relação a fevereiro de 2014. Destacou-se a retração de 41% nas vendas externas de componentes para equipamentos industriais, que diminuíram de US$ 70 milhões, em fevereiro de 2014, para US$ 41 milhões, em fevereiro de 2015.


Quadro 1
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Fevereiro

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 47,0 30,4 -35,4%
Componentes 254,4 192,5 -24,3%
Equipamentos Industriais 101,8 89,4 -12,2%
GTD * 51,5 35,9 -30,3%
Informática 29,5 23,5 -20,5%
Material Elétrico de Instalação 7,3 9,3 26,6%
Telecomunicações 20,9 17,6 -15,8%
Utilidades Domésticas 22,9 25,7 12,2%
Total 535,4 424,2 -20,8%

* GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica


Em relação ao mês imediatamente anterior, as exportações cresceram 10,5%. É importante lembrar, que o montante exportado de produtos eletroeletrônicos, em janeiro de 2015 (US$ 383,9 milhões), foi o menor dos últimos 11 anos. (Quadro 2)

Quadro 2
Exportações do Setor Eletroeletrônico
2015

Áreas US$ Milhões Var.%
Jan Fev
Automação Industrial 34,5 30,4 -11,9%
Componentes 190,4 192,5 1,1%
Equipamentos Industriais 65,1 89,4 37,3%
GTD 35,9 35,9 -0,1%
Informática 15,8 23,5 48,1%
Material Elétrico de Instalação 6,5 9,3 43,4%
Telecomunicações 19,0 17,6 -7,4%
Utilidades Domésticas 16,6 25,7 54,6%
Total 383,9 424,2 10,5%

Importações

No mês de fevereiro de 2015, as importações de produtos eletroeletrônicos somaram US$ 2,9 bilhões, completando o décimo primeiro mês consecutivo que os resultados ficaram abaixo dos ocorridos no mesmo mês do ano passado, refletindo a queda do ritmo da atividade do setor, que vem sendo verificada nos últimos meses. (Gráfico)

Evolução das Importações - US$

Ao comparar com fevereiro do ano passado, a retração foi de 15,0%, com queda em todas as áreas. (Quadro 3)

Ao considerar a média diária, calculada pelos dias úteis, a redução passa para 6%.

Retomando a análise mensal, a maior taxa de retração foi das importações de bens de GTD – Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica –, que atingiram 37,1%, com destaque para a queda de 60% nas compras externas de grupos eletrogêneos.

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 1,8 bilhão, com redução de 11,2%. Destacaram-se as retrações de 16% nas importações de componentes para telecomunicações e de 26% de componentes para informática.


Quadro 3
Importações do Setor Eletroeletrônico
Fevereiro

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 348,3 269,4 -22,7%
Componentes 1.996,0 1.771,9 -11,2%
Equipamentos Industriais 266,9 242,9 -9,0%
GTD 86,9 54,6 -37,1%
Informática 217,8 148,1 -32,0%
Material Elétrico de Instalação 77,5 76,0 -1,9%
Telecomunicações 238,5 183,9 -22,9%
Utilidades Domésticas 167,0 141,6 -15,2%
Total 3.398,9 2.888,4 -15,0%

Em relação ao mês imediatamente anterior, as importações recuaram 14,0%, também com queda em todas as áreas. (Quadro 4)


Quadro 4
Importações do Setor Eletroeletrônico
2015

Áreas US$ Milhões Var.%
Jan Fev
Automação Industrial 301,5 269,4 -10,7%
Componentes 1.941,8 1.771,9 -8,8%
Equipamentos Industriais 363,2 242,9 -33,1%
GTD 64,0 54,6 -14,7%
Informática 171,4 148,1 -13,6%
Material Elétrico de Instalação 79,0 76,0 -3,7%
Telecomunicações 242,5 183,9 -24,2%
Utilidades Domésticas 195,1 141,6 -27,4%
Total 3.358,4 2.888,4 -14,0%

Janeiro a Fevereiro de 2015

Exportações

No acumulado de janeiro-fevereiro de 2015, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 808,1 milhões, 21,5% abaixo do igual período do ano anterior (US$ 1,03 bilhão). (Quadro 5)

Cinco das oito áreas apontaram quedas, com taxas que atingiram até 47,5%, no caso de GTD.

Ainda referente às exportações de bens de GTD, destacou-se a redução de 60% nas vendas externas de transformadores, que recuaram de US$ 68 milhões, em fevereiro de 2014, para US$ 27 milhões, em fevereiro de 2015.


Quadro 5
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Fevereiro

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 87,7 64,9 -26,0%
Componentes 481,8 382,9 -20,5%
Equipamentos Industriais 186,2 154,5 -17,0%
GTD 136,8 71,8 -47,5%
Informática 46,2 39,3 -15,0%
Material Elétrico de Instalação 14,2 15,8 10,6%
Telecomunicações 35,2 36,6 3,8%
Utilidades Domésticas 41,4 42,4 2,4%
Total 1.029,6 808,1 -21,5%

As vendas externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos totalizaram US$ 382,9 milhões, apontando queda de 20,5%. Dentre seus principais itens, destacaram-se os componentes para equipamentos industriais (-34%), eletrônica embarcada (-19%) e motocompressor hermético (-26%) (Quadro 6).

Dos dez produtos mais exportados do setor, apenas dois apontaram crescimento nas exportações: os componentes para telecomunicações (+39%) e as estações rádio base (+95%). Neste último caso, destacaram-se as vendas para a Índia, que atingiram US$ 12 milhões, no período citado.

O desempenho das exportações de estações radio base (US$ 23 milhões) contribuiu com o crescimento das vendas externas de bens da área de Telecomunicações, que atingiram 3,8%. Ressalta-se que apenas estes produtos representaram 63% do total da área.

Além de Telecomunicações, aumentaram as exportações de itens das áreas de Material Elétrico de Instalação (+10,6%) e de Utilidades Domésticas (+2,4%), com destaque para os disjuntores (+30%) e câmeras de vídeo de imagens fixas, respectivamente.

Quadro 6
Produtos mais exportados
Janeiro-Fevereiro

Produtos US$ Milhões Var.%
2014 2015
Componentes para Equips. Industriais 129 86 -34%
Eletrônica Embarcada 106 86 -19%
Motores e Geradores 104 82 -22%
Motocompressor Hermético 88 65 -26%
Instrumentos de Medida 48 33 -31%
Conponentes Passivos 36 29 -19%
Componentes para Material de Instalação 33 29 -12%
Transformadores 68 27 -60%
Componentes para Telecomunicações 19 26 39%
Estações Rádio Base 12 23 95%

Importações

As importações de produtos elétricos e eletrônicos atingiram US$ 6,25 bilhões no 1º bimestre do ano, recuando 14,0% em relação ao mesmo período de 2014. (Quadro 7)

Todas as áreas apresentaram queda, com taxas que variaram de -3,0%, em Equipamentos industriais a -37,8%, em GTD.

Neste último caso, destacou-se a retração de 68% nas importações de grupos eletrogêneos, que passaram de US$ 68 milhões, em janeiro-fevereiro de 2014, para US$ 22 milhões, em janeiro-fevereiro de 2015.

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos (-13,6%) alcançaram US$ 3,7 bilhões, representando 59% do total do setor.


Quadro 7
Importações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Fevereiro

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 693,9 570,9 -17,7%
Componentes 4.298,4 3.713,7 -13,6%
Equipamentos Industriais 625,0 606,1 -3,0%
GTD 190,6 118,6 -37,8%
Informática 443,9 319,5 -28,0%
Material Elétrico de Instalação 187,5 155,0 -17,3%
Telecomunicações 472,3 426,3 -9,7%
Utilidades Domésticas 355,7 336,7 -5,4%
Total 7.267,4 6.246,8 -14,0%

Nota-se que dos dez principais produtos importados do setor, nove são componentes. E com exceção de componentes para utilidades domésticas, que apontaram incremento de apenas 1%, todos os demais registraram retração nas importações. (Quadro 8)

Os únicos produtos que ficaram entre os dez do setor que não são componentes foram os instrumentos de medida, que estão classificados na área de Automação Industrial.

Quadro 8
Produtos mais importados
Janeiro-Fevereiro

Produtos US$ Milhões Var.%
2014 2015
Componentes para Telecomunicações 1.326 1.049 -21%
Semicondutores 861 802 -7%
Componentes para Informática 572 471 -18%
Componentes para Equips. Industriais 265 249 -6%
Instrumentos de Medida 281 235 -16%
Eletrônica Embarcada 279 229 -18%
Componentes Passivos 182 161 -11%
Componentes para Material de Instalação 155 146 -6%
Componentes para Utilidade Domésticas 126 127 1%
Componentes para Automação Industrial 114 110 -3%

Saldo

O déficit da balança comercial de produtos eletroeletrônicos em fevereiro de 2015 atingiu US$ 2,46 bilhões, 14% inferior ao ocorrido em igual período de 2014 (US$ 2,86 bilhões).

No acumulado de janeiro a fevereiro de 2015, o saldo negativo da balança ficou em US$ 5,44 bilhões, 13% abaixo do registrado em janeiro-fevereiro de 2014 (US$ 6,24 bilhões).

Balança Comercial - US$

Observa-se que a partir de maio do ano passado, o déficit da balança de produtos do setor está se situando abaixo do apontado em igual período do ano anterior. Esse comportamento está ocorrendo em função da queda das importações verificada nos últimos meses, devido, principalmente, ao esfriamento do mercado interno.

Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico para associadas encontram-se em RESERVADO.

 

Lista de Produtos do Setor Eletroeletrônico


Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090