Balança Comercial por Blocos Econômicos - Janeiro a Junho de 2015

Junho de 2015

Exportações

As exportações de produtos do setor eletroeletrônico, no mês de junho de 2015, somaram US$ 466,7 milhões, 14,9% abaixo das ocorridas em junho do ano passado (US$ 548,7 milhões).

Nota-se que, com exceção apenas do mês de março de 2015, desde maio do ano passado, as exportações mensais estão apresentando resultados inferiores aos registrados no mesmo período do ano anterior.

Evolução das Exportações - US$

Com exceção das áreas de Material Elétrico de Instalação (+65,4%) e Utilidades Domésticas (+15,2%), as demais áreas apontaram queda nas vendas externas, com taxas que atingiram até 57,3%, como no caso de bens de GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica.


Quadro 01
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Junho

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 49,5 39,5 -20,4%
Componentes 242,4 232,9 -3,9%
Equipamentos Industriais 111,8 93,5 -16,4%
GTD * 64,7 27,6 -57,3%
Informática 23,7 19,8 -16,3%
Material Elétrico de Instalação 6,4 10,5 65,4%
Telecomunicações 30,7 20,4 -33,4%
Utilidades Domésticas 19,5 22,5 15,2%
Total 548,7 466,7 -14,9%

* GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica


Em relação ao mês imediatamente anterior, as exportações recuaram 3,0%, destacando também a retração das vendas externas de bens de GTD (-39,5%).


Quadro 02
Exportações do Setor Eletroeletrônico
2015

Áreas US$ Milhões Var.%
Mai Jun
Automação Industrial 40,7 39,5 -3,1%
Componentes 226,6 232,9 2,8%
Equipamentos Industriais 99,1 93,5 -5,7%
GTD 45,6 27,6 -39,5%
Informática 13,5 19,8 46,7%
Material Elétrico de Instalação 9,6 10,5 9,2%
Telecomunicações 19,2 20,4 6,7%
Utilidades Domésticas 26,8 22,5 -16,1%
Total 481,2 466,7 -3,0%

Importações

No mês de junho de 2015, as importações apontaram US$ 2,44 bilhões. Esse foi o menor montante mensal desde fevereiro de 2010 (US$ 2,30 bilhões).

Esse foi, também, o 15º mês consecutivo que as importações apontaram montante menor do que o registrado em igual mês do ano anterior.

Evolução das Exportações - US$

Ao comparar com junho do ano passado, as importações recuaram 18,2%, com queda em todas as áreas.

Destacou-se a retração de 23,6% nas compras externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos, que passaram de US$ 1,7 bilhão, em junho de 2014, para US$ 1,3 bilhão, em junho de 2015.

Quadro 03
Importações do Setor Eletroeletrônico
Junho

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 304,5 301,8 -0,9%
Componentes 1.710,6 1.307,7 -23,6%
Equipamentos Industriais 264,8 239,7 -9,5%
GTD 103,0 78,3 -24,0%
Informática 204,9 167,5 -18,2%
Material Elétrico de Instalação 65,1 61,1 -6,2%
Telecomunicações 213,8 168,8 -21,0%
Utilidades Domésticas 117,9 117,1 -0,7%
Total 2.984,6 2.441,9 -18,2%


Ao comparar com o mês imediatamente anterior, a queda das importações foi de 9,0%. Neste caso, as compras externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos recuaram 18,5%.


Quadro 04
Importações do Setor Eletroeletrônico
2015

Áreas US$ Milhões Var.%
Mai Jun
Automação Industrial 285,7 301,8 5,6%
Componentes 1.604,5 1.307,7 -18,5%
Equipamentos Industriais 277,0 239,7 -13,4%
GTD 71,4 78,3 9,7%
Informática 137,5 167,5 21,8%
Material Elétrico de Instalação 55,8 61,1 9,4%
Telecomunicações 139,5 168,8 21,1%
Utilidades Domésticas 111,3 117,1 5,1%
Total 2.682,7 2.441,9 -9,0%


Janeiro a Junho de 2015

Exportações

No acumulado do 1º semestre de 2015, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 2,81 bilhões, 14,7% abaixo das registradas no mesmo período do ano passado (US$ 3,30 bilhões).

Com exceção das vendas externas de bens de Material Elétrico de Instalação (+16,6%) e de Utilidades Domésticas (+1,4%), as exportações de bens das demais áreas recuaram.

Quadro 05
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Junho

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 272,4 233,5 -14,3%
Componentes 1.461,9 1.338,0 -8,5%
Equipamentos Industriais 658,6 582,4 -11,6%
GTD 447,1 232,1 -48,1%
Informática 135,2 113,2 -16,3%
Material Elétrico de Instalação 45,0 52,5 16,6%
Telecomunicações 138,5 121,1 -12,5%
Utilidades Domésticas 140,1 142,0 1,4%
Total 3.298,0 2.814,8 -14,7%

As exportações de Componentes Elétricos e Eletrônicos (-8,5%) somaram US$ 1,34 bilhão, representando 48% do total.

Neste caso destacaram-se os: componentes para equipamentos industriais (-6%), eletrônica embarcada (-9%) e motocompressor hermético (-17%), que estão entre os produtos mais exportados do setor.

A maior taxa de retração foi das exportações de bens de GTD (-48,1%), que sofreu influência da queda de 49% nas vendas externas de transformadores.

Quadro 06
Produtos mais exportados
Janeiro-Junho

Produtos US$ Milhões Var.%
2014 2015
Componentes para Equipamentos Industriais 334 313 -6%
Motores e Geradores 352 309 -12%
Eletrônica Embarcada 329 300 -9%
Motocompressor Hermético 268 222 -17%
Instrumento de Medida 140 126 -10%
Componentes para Material de Instalação 109 104 -5%
Componentes Passivos 96 95 -2%
Transformadores 148 76 -49%
Comp. p/ Telecomunicações 68 75 11%
Estações Rádio Base 64 68 7%

Quanto aos destinos das exportações, verifica-se que as vendas externas recuaram para todas as regiões analisadas.


Quadro 07
Exportações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Junho

Regiões US$ Milhões Var.%
2014 2015
Estados Unidos 598,7 546,9 -8,7%
Aladi (Total) 1.547,3 1.370,8 -11,4%
- Argentina 609,2 554,6 -9,0%
- Outros Aladi 938,2 816,3 -13,0%
União Europeia 456,9 363,2 -20,5%
Ásia (Total) * 374,5 253,6 -32,3%
- China 114,2 84,4 -26,1%
- Outros Ásia 260,3 169,2 -35,0%
Demais Países do Mundo 321,5 280,3 -12,8%
Total 3.298,8 2.814,8 -14,7%

* Exceto Oriente Médio


Os países da Aladi foram os principais destinos das vendas de produtos do setor, responsáveis por quase a metade do total realizado no 1º semestre de 2015.

Mesmo com queda de 11,4% em relação ao 1º semestre de 2014, aumentou a participação destes países no total das exportações de bens do setor, passando de 46,9% para 48,7%, no período citado.

Do total exportado, 19,7% foram destinados para a Argentina e 29,0% para os demais países da Aladi.

Também aumentou a participação dos Estados Unidos, que passou de 18,1%, no 1º semestre de 2014, para 19,4%, no 1º semestre de 2015, somando US$ 546,9 milhões.

As exportações para os países da União Europeia recuaram 20,5%, reduzindo para 12,9% sua participação no total.

Também diminuiu a representatividade dos países da Ásia nas exportações de bens do setor, que passou de 11,4% para 9,0% no 1º semestre de 2015.

Neste caso, as exportações para a China recuaram 26,1% e, para os demais países desta região, caíram 35,0%.

Os demais países do mundo participaram com 10,0% do total exportado.

Participação das Exportações - US$


Importações

As importações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 17,8 bilhões, no acumulado de janeiro-junho de 2015, 14,9% abaixo das ocorridas em igual período de 2014 (US$ 20,9 bilhões).

Todas as áreas apresentaram queda nas importações com taxas que variaram entre -3,6%, no caso de Utilidades Domésticas e -27,6% para Informática.

Quadro 8
Importações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Junho

Áreas US$ Milhões Var.%
2014 2015
Automação Industrial 2.051,9 1.818,7 -11,4%
Componentes 12.238,4 10.396,6 -15,0%
Equipamentos Industriais 1.845,1 1.760,9 -4,6%
GTD 645,0 479,1 -25,7%
Informática 1.274,4 922,1 -27,6%
Material Elétrico de Instalação 485,5 409,2 -15,7%
Telecomunicações 1.416,8 1.093,9 -22,8%
Utilidades Domésticas 923,9 890,6 -3,6%
Total 20.880,9 17.771,2 -14,9%

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos (-15,0%) somaram US$ 10,40 bilhões, representando 59% do total de produtos eletroeletrônicos importados.

Dentre seus itens, destacaram os produtos mais importados do setor, como: os componentes para telecomunicações (-15%), semicondutores (-22%) e componentes para informática (-18%).

Ressalta-se que as compras externas destes três componentes somaram US$ 6,44 bilhões, representando 36% do total de produtos importados do setor.

Quadro 9
Produtos mais importados
Janeiro-Junho

Produtos US$ Milhões Var.%
2014 2015
Comp. p/ Telecomunicações 3.608 3.061 -15%
Semicondutores 2.588 2.031 -22%
Componentes para Informática 1.639 1.350 -18%
Instrumentos de Medida 849 737 -13%
Eletrônica Embarcada 805 716 -11%
Componentes para Equipamentos Industriais 764 689 -10%
Componentes Passivos 512 434 -15%
Componentes para Material de Instalação 459 408 -11%
Aparelhos Eletromédicos 410 346 -16%
Componentes para Utilid. Domésticas 357 341 -5%

Os países asiáticos (exceto Oriente Médio) continuaram sendo a principal origem das importações de bens do setor, somando US$ 11,68 bilhões, que representou com 65,7% do total.

As importações da China totalizaram US$ 6,85 bilhões. Nota-se que a sua participação no total foi um pouco superior à apontada no 1º semestre do ano passado, enquanto que a representatividade dos demais países dessa região registrou queda de 0,9 ponto percentual no período citado.

Assim como a China, as participações das importações dos Estados Unidos e dos países da União Europeia também não apontaram alterações significativas em relação ao 1º semestre de 2014.

Quadro 10
Importações do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Junho

Regiões US$ Milhões Var.%
2014 2015
Estados Unidos 2.394,3 1.971,0 -17,7%
Aladi (Total) 636,9 715,3 12,3%
 - Argentina 103,2 84,3 -18,4%
 - Outros Aladi 533,7 631,0 18,2%
União Europeia 3.349,1 2.858,8 -14,6%
Ásia (Total) * 13.858,9 11.683,0 -15,7%
 - China 7.983,2 6.845,2 -14,3%
  - Outros Ásia 5.875,7 4.837,7 -17,7%
Demais Países do Mundo 641,7 543,2 -15,3%
Total 20.880,9 17.771,2 -14,9%

* Exceto Oriente Médio


Cresceram apenas as importações dos países da Aladi exceto a Argentina (+18,2%). No caso da Argentina, as importações recuaram 18,4%.

Com isso, apesar do montante não ser muito expressivo (US$ 631,0 milhões), verifica-se aumento de 1,0 ponto percentual na participação dos países da Aladi, exceto a Argentina no total das importa-ções do setor.

As importações dos demais países do mundo representaram 3,1% do total.

Participação das Importações - US$

Saldo Comercial

No 1º semestre de 2015, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 14,96 bilhões, 15% abaixo do registrado no igual período do ano anterior (US$ 17,58 bilhões).

Nota-se que, desde junho de 2014, o déficit da balança do setor, no acumulado do ano, começou a registrar resultados abaixo dos apontados nos mesmos períodos do ano anterior.

Este comportamento ocorreu em função da queda das importações que vem sendo verificada desde o ano passado.

Participação das Importações - US$

Ao analisar por regiões, a maior parte do déficit ocorreu em função dos negócios com os países da Ásia (US$ 11,43 bilhões), sendo que somente com a China, o saldo negativo atingiu US$ 6,76 bilhões.

Apenas os negócios com países da Aladi geraram resultado superavitário (US$ 655,6 milhões), porém, seu montante foi bem menos expressivo do que o déficit gerado pelas demais regiões, principalmente, pelos países da Ásia.


Quadro 11
Balança Comercial do Setor Eletroeletrônico
Janeiro-Junho 2015

Regiões US$ Milhões
Exp Imp Saldo
Estados Unidos 546,9 1.971,0 (1.424,1)
Aladi (Total) 1.370,8 715,3 655,6
 - Argentina 554,6 84,3 470,3
 - Outros Aladi 816,3 631,0 185,3
União Europeia 363,2 2.858,8 (2.495,6)
Ásia (Total) * 253,6 11.683,0 (11.429,3)
 - China 84,4 6.845,2 (6.760,9)
 - Outros Ásia 169,2 4.837,7 (4.668,5)
Demais Países do Mundo 280,3 543,2 (262,9)
Total 2.814,8 17.771,2 (14.956,4)

* Exceto Oriente Médio


Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico para associadas encontram-se em RESERVADO.

 
 

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090