Balança Comercial - Janeiro-Julho/2018

Julho/2018

Exportações

As exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 430,9 milhões, no mês de julho de 2018, 5,7% abaixo das ocorridas em julho do ano passado (US$ 457,2 milhões).

Evolução das Exportações - US$

As vendas externas de bens da área de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica – GTD (-20,3%) apontaram a maior taxa de retração, atingindo US$ 42,2 milhões.

Essa queda ocorreu, principalmente, em função da redução nas exportações de transformadores (-85%) e de painéis e quadros (-90%).

As vendas externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos totalizaram US$ 184,2 milhões, 11,9% abaixo das ocorridas no mesmo período do ano passado, com destaque para eletrônica embarcada (-13%), cujas exportações passaram de US$ 60 milhões, para US$ 52 milhões, no período citado.

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

Recuaram, também, as vendas externas de Material Elétrico de Instalação (-10,9%) e de bens de Telecomunicações (-8,4%).

Por outro lado, verificou-se aumento nas exportações de bens de Informática (+17,2%) e de itens de Automação Industrial (+15,0%).

Em Informática, destacaram-se os acréscimos nas vendas externas de monitores de vídeo (+866%), de máquinas para processamento de dados (+106%) e de caixas registradoras (+73%).

As exportações de itens de Automação Industrial contaram com a expansão de 33% nas vendas externas de instrumentos de medida, que atingiram US$ 29 milhões.

Nos casos de Equipamentos Industriais (+0,6%) e de produtos de Utilidades Domésticas (+0,2%), os incrementos foram mais modestos.

Ao comparar com o mês imediatamente anterior, as exportações de bens do setor recuaram 9,0%, com queda em cinco das oito áreas analisadas.

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

Importações

No mês de julho de 2018, as importações de produtos do setor totalizaram US$ 2,66 bilhões, 11,9% superiores às ocorridas em julho de 2017 (US$ 2,38 bilhões).

Importações do Setor - US$

Todas as áreas registaram incremento nas importações, com destaque para a elevação de 236,3% nos itens de GTD.

Ressalta-se que, as importações de diversos produtos da área de GTD cresceram com taxas significativas. Dentre eles, destacaram-se as torres, cujas compras externas aumentaram de US$ 144 mil, em julho de 2017, para US$ 49 milhões, em julho de 2018.

Observou-se que as importações de itens de Automação Industrial, Utilidades Domésticas e Material Elétrico de Instalação também apontaram taxas de incrementos expressivas, superiores a 20%.

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 1,5 bilhão, 4,7% acima das realizadas em julho do ano passado.

Importações do Setor - US$

Importações do Setor - US$

Ao comparar com junho de 2018, as importações de bens do setor recuaram 2,0%. Este resultado sofreu impacto das quedas de 29,7% de bens de Telecomunicações e de 11,9% de itens de Informática.

Janeiro a Julho/2018

Exportações

No acumulado de janeiro-julho de 2018, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 3,23 bilhões, 0,8% abaixo das ocorridas no mesmo período do ano anterior (US$ 3,26 bilhões).

Esse resultado ocorreu em razão de movimentos opostos verificados nas exportações dos diversos produtos do setor. Foram observadas, ao mesmo tempo, quedas significativas nas vendas externas de Material Elétrico de Instalação (-28,2%) e de Equipamentos Industriais (-23,3%) e aumentos expressivos nas exportações de bens de Informática (+30,3%) e de Automação Industrial (+18,3%).

Exportações do Setor - US$

A redução nas exportações de Material Elétrico de Instalação sofreu influência do recuo de 44% nos disjuntores.

Em Equipamentos Industriais, destacou-se a forte queda nas compras externas de aparelhos para filtrar líquidos, que foram reduzidas de US$ 192 milhões, em janeiro-julho de 2017; para US$ 19 milhões de janeiro-julho de 2018.

Ressalta-se que este resultado ocorreu devido às exportações pontuais destes itens realizadas apenas no mês de março do ano passado, que atingiram US$ 175 milhões, resultado muito superior à média mensal dessas exportações, que estava em torno de US$ 3 milhões.

Por outro lado, a ampliação das exportações de bens de Informática contou com os aumentos nas vendas externas de monitores de vídeo (+1.074%), de máquinas para processamento de dados (+152%) e de caixas registradoras (+148%).

No caso de Automação Industrial, destacou-se a elevação de 266% nas vendas externas de instrumentos para navegação área/espacial.

O item mais exportado do setor foi eletrônica embarcada, que cresceu 17%, atingindo US$ 427 milhões. Este resultado contribuiu com a elevação de 2,9% nas vendas externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos, que alcançaram US$ 1,5 bilhão.

Destacou-se, entre os dez produtos mais exportados do setor, a elevação de 296% nas vendas externas de grupos eletrogêneos, que somaram US$ 139 milhões. Apenas estes produtos representaram 39% do total exportado de itens de GTD.

Produtos mais exportados

Importações

As importações de produtos elétricos e eletrônicos atingiram US$ 18,8 bilhões no acumulado de janeiro a julho de 2018, com aumento de 15,3% em relação ao igual período de 2017 (US$ 16,3 bilhões). Todas as áreas apontaram incrementos.

As maiores taxas foram das áreas de Informática (+29,3%), Utilidades Domésticas (+26,2%) e GTD (+26,1%).

Importações do Setor

Destacaram-se as elevações nas compras externas de máquinas de processamento de dados (+70%), de panelas eletrotérmicas (+50%) e de módulos fotovoltaicos (+49%), respectivamente.

As compras externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 11,1 bilhões, 13,6% acima das realizadas no mesmo período de 2017. Esse montante representou 59% do total importado de itens do setor.

Dentre os Componentes estão os produtos mais importados da indústria eletroeletrônica: semicondutores (+15%), componentes para telecomunicações (+5%), eletrônica embarcada (+20%) e componentes para informática (+18%), que juntos alcançaram US$ 8 bilhões.

Produtos mais Importados

Saldo Comercial

No acumulado dos primeiros sete meses deste ano, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 15,5 bilhões, 19% acima do registrado no mesmo período de 2017 (US$ 13,0 bilhões).

Este resultado foi consequência do crescimento de 15,3% das importações, uma vez que as exportações (-0,8%) ficaram praticamente estáveis em relação ao mesmo período do ano passado.

Balança Comercial - US$

Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Elétrico e Eletrônico para associadas encontram-se no site da Abinee em Acesso Reservado e as séries históricas estão disponíveis em Economia e Estatísticas - Base de Dados Econômicos.

 
 
 

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090