Avaliação Setorial - 1º Trimestre 2014

Desempenho do Setor

Faturamento

O 1º trimestre do ano não foi favorável para a indústria eletroeletrônica.

O faturamento real e a produção caíram, as exportações não foram bem e o nível de emprego (médio mensal) no 1º trimestre de 2014 ficou abaixo de 2013, assim como ocorreu com o número de contratações.

O faturamento da indústria eletroeletrônico cresceu 6% no 1º trimestre de 2014 na comparação com igual período anterior, que descontada a inflação do setor, corresponde a queda 1,4%. (Quadro 01)


Quadro 01
Var % do Faturamento por Área por trimestre
Reais Correntes

Áreas 1ºT/14 X
1ºT/13
Automação Industrial 17%
Componentes -1%
Equipamentos Industriais 12%
GTD * 8%
Informática -5%
Material de Instalação 4%
Telecomunicações 3%
Utilidades Domésticas 26%
Total 6%

* GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica


No período de janeiro a março deste ano na comparação com igual período do ano passado, as evoluções dos preços dos produtos do setor foram de 10,7% nos elétricos e de 3,3% nos eletrônicos. Considerando os respectivos deflatores, os crescimentos reais das áreas que compõe a indústria eletroeletrônica foram as informadas no Quadro 02.


Quadro 02
Var Real % do Faturamento por Área por trimestre

Áreas 1ºT/14 X
1ºT/13
Automação Industrial 13,3%
Componentes -7,9%
Equipamentos Industriais 1,2%
GTD -2,4%
Informática -8,0%
Material de Instalação -6,0%
Telecomunicações -0,3%
Utilidades Domésticas 17,2%
Total -1,4%

Como pode ser observado, somente as áreas de Automação Industrial (+13,3%) e Utilidades Domésticas Eletroeletrônicas (+17,2%), tiveram crescimentos significativos. No primeiro caso, em função de encomendas ocorridas no final do ano passado, que acabaram se concretizando neste ano e; no segundo, em função das vendas de televisores estimuladas pela Copa do Mundo de Futebol.

No caso de Informática, o desempenho negativo ocorreu em função da queda das vendas de notebooks e desktops, que estão sofrendo forte concorrência dos tablets, cujos preços são significativamente menores.

No 1º trimestre do ano, conforme dados do IDC, o comportamento das vendas em unidades de PCs recuaram 4,9% em relação ao igual período de 2013, face a retração de 34,2% no mercado de desktops, a queda de 22,6% de notebooks e incremento de 47,0% no mercado de tablets. Ressalta-se que no final do 1º trimestre deste ano, os tablets representaram 47,4% do mercado total de PCs, enquanto os notebooks 30,7% e os desktops, 21,9%.

Quanto a Telecomunicações, o faturamento foi influenciado pelas vendas de telefones celulares. Neste caso, os smartphones estão ocupando o espaço dos celulares tradicionais. Segundo o IDC, no 1º trimestre deste ano, o mercado de telefones celulares, em unidades, cresceram 12,2% em comparação com o 1º trimestre do ano passado, sendo que os tradicionais recuaram 38,5% e os smartphones cresceram 93,0%. Dessa forma, no final deste trimestre, os telefones tradicionais representavam 33,7% do total e os smartphones 66,3%.

O faturamento das indústrias de equipamentos de Geração, Transmissão e Distribuição de energia elétrica sentiu os reflexos da redução das encomendas de equipamentos de distribuição de energia, face a falta de recursos das distribuidoras para investimentos devido aos aumentos de custos da energia para distribuição.

No tocante à produção do setor eletroeletrônico no 1º trimestre do ano, conforme o IBGE, ocorreu crescimento de 7,6% na comparação com igual período do ano anterior.

A área eletrônica cresceu 22,1%, decorrente do segmento de “aparelhos de recepção, reprodução, gravação amplificação de áudio e vídeo”, onde estão incluídos os televisores (+51,6%). Sem considerar esses aparelhos, produção de produtos elétricos e eletrônicos no 1º trimestre/14 diminui -1,2%.

A produção dos equipamentos elétricos mostrou queda - 4,6%, com forte influência da retração de -17,6% da produção de “equipamentos para distribuição e controle de energia elétrica”.


Produção Física Brasil
Industria Eletrônica - IBGE

Período 1ºT/14 X
1ºT/13
Total 26 - Indústria Eletrônica 22,1%
26.1 - Fabricação de Componentes Eletrônicos 2,5%
26.2 - Fabricação de Equipamentos de Informática e Periféricos 6,8%
26.3 - Fabricação de Equipamentos de Comunicação 10,6%
26.4 - Fabricação de Aparelhos de recepção, reprodução, gravação e amplificação de áudio e vídeo 51,6%
26.5 - Fabricação de Aparelhos e Instrumentos de Medida, teste e controle, cronômetro e relógios -13,2%


Produção Física Brasil
Industria Elétrica - IBGE

Período 1ºT/14 X
1ºT/13
Total 27 - Indústria Elétrica -4,6%
27.1 - Fabricação de Geradores, Transformadores e Motores Elétricos 3,8%
27.2 - Fabricação de Pilhas, Baterias e Acumuladores Elétricos 8,8%
27.3 - Fabricação de Equipamentos para distribuição e Controle de Energia Elétrica -17,6%
27.4 - Fabricação de Lâmpadas e outros Equipamentos de Iluminação -5,1%
27.5 - Fabricação de Eletrodomésticos -2,1%
27.9 - Fabricação de Equipamentos e Aparelhos Elétricos não especificados anteriormente -9,6%


Produção Física Brasil
Industria Eletroeletrônica - IBGE

Período 1ºT/14 X
1ºT/13
Total 26 + 27 - Indústria Eletroeletrônica 7,6%

Emprego

O nível de emprego no setor caiu 3,2% na comparação da média de funcionários no 1º trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2013.

Além disso, no 1º trimestre de 2014, o número de empregados no setor aumentou 1.850 funcionários, que também ficou bem abaixo do incremento ocorrido no 1º trimestre de 2013 (3.350 funcionários).

Némero de Empregados

Balança Comercial

Quanto às exportações, no 1º trimestre do ano, atingiram US$ 1,6 bilhão, com queda de 1% na comparação com igual período de 2013.

Destacaram-se os crescimentos das áreas de Automação Industrial (+15%), Equipamentos Industriais (+8%) e GTD (+58%), os demais setores mostraram quedas que variaram de -5%, para Componentes Elétricos e Eletrônicos a -35%, para Telecomunicações.

Evolução das Exportações


Exportações de Produtos do Setor - 1º Trimestre

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 122 140 15%
Componentes 751 716 -5%
Equipamentos Industriais 302 325 8%
GTD 118 187 58%
Informática 99 67 -32%
Material Elétrico de Instalação 23 22 -5%
Telecomunicações 98 63 -35%
Utilidades Domésticas 88 67 -25%
Total 1.602 1.586 -1%


Produtos mais exportados - 1º Trimestre

Produtos US$ Milhões Var.%
2013 2014
Componentes para Equipamentos Industriais 158 170 7%
Motores e Geradores 180 166 -8%
Eletrônica Embarcada 186 161 -14%
Motocompressor Hermético 143 135 -6%
Transformadores 43 81 90%
Instrumento de Medida 57 73 29%
Componentes Passivos 37 53 41%
Componentes para Material de Instalação 57 51 -11%
Componentes para Telecomunicações 44 30 -32%
Componentes para Automação Industrial 26 29 13%

Em relação ao destino das exportações, o principal mercado dos produtos do setor foram os países da Aladi que reduziram suas compras do Brasil em -12%, sendo que a Argentina foi responsável por uma queda de -16%.


Exportações de Produtos do Setor por Blocos Econômicos - 1º Trimestre

Regiões 2013 2014 Var%
Estados Unidos 270 284 5%
Aladi (Total) 858 760 -12%
- Argentina 367 306 -16%
- Outros Aladi 492 453 -8%
União Européia 207 200 -4%
Ásia (Total)* 122 177 45%
- China 55 48 -12%
- Outros Ásia 68 129 91%
Demais Países do Mundo 143 166 16%
Total 1.602 1.586 -1%

* Exceto Oriente Médio


Quanto às importações ocorreu aumento de 8% no 1º trimestre de 2014 na comparação com o mesmo período de 2013, passando de US$ 10,0 bilhões para US$ 10,8 bilhões. O crescimento mais significativo foi de Componentes Elétricos e Eletrônicos com US$ 6,4 bilhões, e crescimento de 17%.

Evolução das Importações


Importações de Produtos do Setor - 1º Trimestre

Áreas US$ Milhões Var.%
2013 2014
Automação Industrial 1.052 1.023 -3%
Componentes 5.472 6.380 17%
Equipamentos Industriais 919 937 2%
GTD 543 313 -42%
Informática 602 645 7%
Material Elétrico de Instalação 223 257 15%
Telecomunicações 693 697 1%
Utilidades Domésticas 461 496 8%
Total 9.965 10.748 8%


Produtos mais importados - 1º Trimestre

Produtos US$ Milhões Var.%
2013 2014
Componentes para Telecomunicações 1.332 1.941 46%
Semicondutores 1.205 1.348 12%
Componentes para Informática 734 837 14%
Eletrônica Embarcada 417 421 1%
Instrumentos de Medida 437 412 -6%
Componentes para Equipamentos Industriais 374 386 3%
Componentes Passivos 242 263 9%
Componentes para Material de Instalação 240 231 -3%
Maquinas para Processamento de Dados 151 204 35%
Aparelhos Eletromédicos 185 199 7%

As importações continuam concentradas na Ásia e representaram 67,2% das importações de produtos do setor, sendo 38,3% da China e 28,9% dos demais países da Ásia. Foi justamente dessa região que ocorreu o aumento mais expressivo das importações (+17%).

Importações de Produtos do Setor por Blocos Econômicos - 1º Trimestre

Regiões 2013 2014 Var%
Estados Unidos 1.415 1.181 -16%
Aladi (Total) 282 309 10%
- Argentina 57 53 -7%
- Outros Aladi 224 255 14%
União Européia 1.765 1.730 -2%
Ásia (Total)* 6.146 7.218 17%
- China 3.602 4.115 14%
- Outros Ásia 2.544 3.103 22%
Demais Países do Mundo 357 310 -13%
Total 9.965 10.748 8%

* Exceto Oriente Médio

Perspectivas

Para o ano de 2014, não são esperadas mudanças significativas em relação ao quadro atual.

As incertezas quanto aos rumos da economia deverão continuar afetando tanto a decisão do consumidor como dos investidores, e assim, a expectativa é de crescimento do faturamento do setor de 8% nominal, o que deverá representar queda real na comparação com o ano de 2013. No mesmo sentido deverá ocorrer com a produção.

No quadro abaixo, observa-se as variações de faturamento das áreas que compõem o setor.


Projeções do Faturamento por Área
(R$ milhões a preços correntes)

Áreas 2013 2014 2014 X
2013
Automação Industrial 4.368 4.717 8%
Componentes 10.696 11.231 5%
Equipamentos Industriais 23.599 25.251 7%
GTD 16.220 17.680 9%
Informática 47.046 48.458 3%
Material de Instalação 9.478 10.142 7%
Telecomunicações 26.689 30.425 14%
Utilidades Domésticas 18.649 21.446 15%
Total 156.745 169.350 8%

As exportações deverão atingir US$ 7,2 bilhões, 2% abaixo de 2013, e as importações US$ 45,8 bilhões com crescimento de 5%.

Para o emprego, é mantida a expectativa que ficará no mesmo nível do final do ano passado.


Projeções dos Principais Indicadores do Setor

Indicador 2013 2014 2014 X
2013
Faturamento (R$ milhões) 156.745 169.350 8%
Faturamento (US$ milhões) 72.574 72.682 0%
Exportações (US$ milhões) 7.363 7.200 -2%
Importações (US$ milhões) 43.595 45.800 5%
Saldo (US$ milhões) -36.231 -38.600 7%
Nº de Empregados (mil) 178 180 1%

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090