Balança Comercial de Produtos do Setor Elétrico e Eletrônico
Janeiro a Dezembro/2021

Janeiro de 2021

Exportações

As exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 332,9 milhões no mês de janeiro de 2021, 4,9% abaixo das registradas em janeiro de 2020 (US$ 350,0 milhões).

Vale citar que o setor continua enfrentando os efeitos causados pela pandemia de coronavírus.

Evolução das Exportações - US$

A área de Equipamentos Industriais registrou o maior percentual de queda (-16,6%), influenciada principalmente pela retração de 22% nas vendas externas de motores e geradores.

Destacaram-se também as quedas nas vendas externas de GTD – Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica (-13,3%), de Informática (-9,8%) e de Componentes Elétricos e Eletrônicos (-7,8%).

No primeiro caso, foram observadas fortes retrações nas exportações de geradores (-87%), transformadores (-54%), painéis e quadros (-87%), entre outras.

Na área de Informática, foi observado recuo de 57% nas vendas externas de unidades de memória.

No caso de Componentes Elétricos e Eletrônicos, a queda de US$ 170,8 milhões, para US$ 157,4 milhões sofreu influência da diminuição de 32% em componentes para equipamentos industriais, segundo produto mais exportado do setor.

Entre as áreas que apresentaram crescimento, destacou-se Material Elétrico de Instalação com expansão de 48,2%. Esse resultado contou com o aumento de 86% nas vendas externas de disjuntores.

A área de Telecomunicações também apresentou crescimento significativo (+44,8%). Esse resultado foi influenciado pelo crescimento de 133% em outros equipamentos terminais ou repetidores, que passaram de US$ 4,0 milhões em janeiro de 2020 para US$ 9,4 milhões em janeiro de 2021.

Além disso, as vendas externas de aparelhos de radiodifusão (+73%) e de estações rádio base (+76%), contribuindo também para o crescimento da área de Telecomunicações.

As demais áreas que apresentaram elevações quando comparadas a janeiro de 2020 foram Utilidades Domésticas (+4,7%) e Automação Industrial (+2,0%).

Esses resultados sofreram influência das expansões nas vendas externas de pilhas elétricas secas (+144%), no primeiro caso e de instrumentos de medida (+14%) e aparelhos eletromédicos (+46%), em Automação Industrial.

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

Ao comparar com o mês de dezembro de 2020, as exportações caíram 24,5%, com retração em quase todas as áreas, com exceção de Telecomunicações (+10,3%).


Importações

As importações de produtos do setor somaram US$ 2,94 bilhões no mês de janeiro de 2021, 1,4% acima das registradas no mesmo mês do ano anterior (US$ 2,90 bilhões).

Evolução das Importações - US$

No mês de janeiro de 2021, foram observados comportamentos distintos entre as diversas áreas do setor.

A área de Utilidades Domésticas foi a que apontou a maior taxa de expansão, atingindo 27,5%.

Esse resultado foi influenciado pelas expansões de diversos produtos, tais como: aspiradores de pó (+105%), ferramentas elétricas manuais (+55%), fornos (+67%), aparelhos e som e vídeo (+55%), entre outros.

Importações do Setor Eletrônico - US$

Verificou-se também um aumento de 18,7% nas importações de itens de GTD, que contaram com a elevação de 206% em grupos eletrogêneos. As compras externas desses itens aumentaram de US$ 18 milhões em janeiro de 2020 para US$ 55 milhões em janeiro de 2021.

Ressalta-se que a China foi a origem de quase a totalidade dessas importações.

As importações de bens de Informática cresceram 14,5%, influenciadas pela elevação de 70% nas compras externas de maquinas para processamento de dados.

As vendas externas desses produtos passaram de US$ 53 milhões para US$ 90 milhões em janeiro de 2021, tornando-se o oitavo produto mais importado do setor.

Em seguida vieram as áreas de Material Elétrico de Instalação (+2,1%) e de Equipamentos Industriais (+1,0%).

No primeiro caso, observou-se a elevação de 28% nas importações de aparelhos de iluminação de metais comuns, que atingiram US$ 10 milhões.

No caso de Equipamentos Industriais foi observado incremento de 148% em fornos elétricos industriais.

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

As importações de Componentes Elétricos e Eletrônicos ficaram praticamente estáveis (-0,2%), totalizando US$ 1,55 bilhão. Ainda assim, esses itens foram responsáveis por 53% do total importado do setor.

Ainda referente aos Componentes, destacaram-se os semicondutores (+12%) e os componentes para telecomunicações (-12%), que foram os dois produtos mais importados do setor. Nota-se que apenas esses dois itens somaram US$ 809 milhões, o que corresponde a mais da metade do total importado dessa área.

Por outro lado, houve queda nas compras externas de Telecomunicações (-13,9%), influenciada pela retração de 35% em telefones celulares, que caíram de US$ 79 milhões para US$ 51 milhões.

A área de Automação Industrial também teve desempenho negativo (-9,6%), influenciado pela retração de 24% nos aparelhos eletromédicos e queda de 11% em instrumentos de medida, que são os principais produtos importados dessa área.

Ao comparar com o mês imediatamente anterior, as importações de bens do setor cresceram 5,4%, com destaque para GTD com expansão de 82,8%.

Nota-se que, as elevações nas compras externas de módulos fotovoltaicos (+82%) e de grupos eletrogêneos (+531%) contribuíram com o resultado da área de GTD.

Saldo Comercial

No mês de janeiro de 2021, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 2,61 bilhões, 2% acima do apontado em janeiro do ano passado (US$ 2,55 bilhões).

Esse resultado foi consequência da redução de 4,9% nas exportações e do incremento de 1,4% nas importações.

Balança Comercial - US$


Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Elétrico e Eletrônico para associadas encontram-se no site da Abinee em Acesso Reservado e as séries históricas estão disponíveis em Economia e Estatísticas - Base de Dados Econômicos.

 
 
 
 

Informações Adicionais

Cristina Keller

Analista de Economia

11 2175-0031

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090