Balança Comercial - Janeiro/2017

Janeiro/2017

Exportações

As exportações de produtos eletroeletrônicos, no mês de janeiro de 2017, totalizaram US$ 349,3 milhões, 13,0% abaixo das ocorridas em janeiro de 2016 (US$ 401,2 milhões).

Evolução das Exportações - US$

Essa retração ocorreu em função da queda nas vendas externas de Equipamentos Industriais (-62,6%) e de bens de Informática (-25,8%), uma vez que as exportações de produtos das demais áreas cresceram.

É importante ressaltar que a redução nas vendas externas de Equipamentos Industriais sofreu forte impacto da queda de apenas um item: dispositivos de tratamento de materiais por mudança de temperatura que, em janeiro de 2016, apresentou montante muito expressivo e pontual, atingindo US$ 90 milhões.

Ainda referente a este bem, as exportações em janeiro de 2017 somaram US$ 753 mil, voltando aos patamares registrados nos demais meses dos anos anteriores, o que gerou, portanto, forte retração ao comparar com o resultado atípico apresentado em janeiro do ano passado.

Como as exportações destes aparelhos em janeiro de 2016 foram muito elevadas, este movimento impactou no resultado total das exportações de produtos do setor. Excluindo esse item, a queda das exportações dos demais Equipamentos Industriais foi de 4,8%, e as vendas externas de todos os produtos do setor cresceram 12,0%.

No caso de Informática, destacou-se a redução de 37% nas exportações de cartões inteligentes ("smart cards").

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

Por outro lado, cresceram as vendas externas de bens das demais áreas, e em alguns casos as taxas atingiram mais de 40%, como em GTD – Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica (+68,3%), bens de Telecomunicações (+51,6%) e Material Elétrico de Instalação (+41,3%).

Nestes casos, destacaram-se os incrementos nas exportações de transformadores (+125%), estações rádio base (+286%) e aparelhos elétricos de iluminação de metais comuns (+456%), respectivamente.

As exportações de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 164,8 milhões, com crescimento de 12,3% em relação à janeiro de 2016. Destacaram-se as vendas externas de eletrônica embarcada, principais produtos exportados do setor, que somaram US$ 43 milhões, 47% acima do resultado obtido em janeiro do ano passado.

Exportações do Setor Eletroeletrônico - US$

Em relação ao mês imediatamente anterior, as exportações recuaram 33,3%, com queda em todas as áreas, com exceção de Material Elétrico de Instalação (+34,6%).

Evolução das Importações - US$

Importações

No mês de janeiro de 2017, as importações de produtos do setor somaram US$ 2,54 bilhões, 39,2% acima das ocorridas em janeiro de 2016 (US$ 1,82 bilhão).

É importante destacar que as importações ocorridas em janeiro do ano passado foram muito baixas, sendo consideradas, portanto, uma base fraca de comparação, o que favorece o crescimento apontado em janeiro deste ano.

Importações do Setor - US$

Aos analisar os meses de janeiro dos anos anteriores, nota-se que a retração do mercado interno, consequência da crise econômica nos últimos dois anos, fez com que as importações reduzissem seu montante pela metade, passando de US$ 3,9 bilhões, em janeiro de 2014, para US$ 1,8 bilhão, em janeiro de 2016.

Mesmo com o incremento apontado em janeiro deste ano, as importações do setor ainda estão abaixo das observadas em igual mês dos anos anteriores desde 2011 até 2015, situando-se nos patamares de janeiro de 2010.

Importações do Setor - US$

As expectativas de melhora na atividade econômica deverão estimular as importações neste ano. Conforme sondagem da Abinee, 60% das empresas pesquisadas do setor esperam retomada dos negócios no 1º semestre de 2017.

Especificamente em janeiro de 2017 comparado a janeiro de 2016, com exceção de bens de Automação Industrial, cujas importações ficaram estáveis, as compras externas de produtos das demais áreas apontaram incrementos expressivos, que variaram de 34,1%, em Informática, até 64,5%, em Material Elétrico de Instalação.

Exportações do Setor - US$

Os semicondutores foram os itens mais importados do setor, somando US$ 439 milhões, resultado 129% acima do apontado em janeiro de 2016.

Destacou-se, também, a expansão significativa das importações de telefones celulares, que aumentaram de US$ 20 milhões, em janeiro de 2016, para US$ 66 milhões, em janeiro de 2017.

Produtos mais exportados - US$

Ao comparar com o mês imediatamente anterior, as importações aumentaram 15,9%, com destaque para o incremento de 71,8% da área de GTD. Este resultado contou com as compras externas de transformadores, que passaram de US$ 3,0 milhões, em dezembro de 2016, para US$ 18,3 bilhões, em janeiro de 2017.

Importações do Setor - US$

Saldo Comercial

No mês de janeiro de 2017, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 2,19 bilhões, 54% superior ao apontado em janeiro de 2016 (US$ 1,43 bilhão).

O aumento do saldo da balança comercial ocorreu, principalmente, em decorrência do crescimento das importações, que vinham caindo nos últimos dois anos.

Com montante menos expressivo, a queda das exportações também contribuiu com o aumento do déficit.

Produtos mais importados - US$


 

Os dados detalhados da Balança Comercial de Produtos do Setor Eletroeletrônico para associadas encontram-se em RESERVADO.

 
 

Informações Adicionais

Luiz Cezar Elias Rochel

Gerente de Economia

11 2175-0030

Informações Imprensa

Jean Carlo Martins

Assessor de Comunicação

11 2175-0099

 
 
Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Escritório Central: Avenida Paulista, 1313 - 7º andar - 01311-923 - São Paulo - SP
Fone: 11 2175-0000 - Fax: 11 2175-0090